Assembleia homenageia o PCdoB pela passagem dos 100 anos de fundação


A Assembleia Legislativa de Santa Catarina promoveu, na noite desta segunda-feira (11), uma sessão especial para homenagear a passagem dos 100 anos de fundação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).  Na ocasião também foram destacadas as personalidades e instituições que se destacaram no desenvolvimento do partido em Santa Catarina e na luta pela democracia no país.

Na abertura, o presidente do Parlamento estadual, deputado Moacir Sopelsa (MDB), afirmou que a solenidade foi convocada por proposição da Mesa Diretora e aprovada por unanimidade pelos demais parlamentares.

O presidente estadual do PCdoB em Santa Catarina, Douglas Sebastião Espindola Mattos, que também atua como membro da direção nacional do partido, agradeceu a realização do evento. “O reconhecimento de uma instituição como a Assembleia Legislativa é o reconhecimento da democracia, afinal de contas estamos legalizados, podemos viver esses ares. Então esse é o sentido para nós, de reconhecimento. Somos muito felizes por isso”, disse.

João Ghizoni, que falou em nome dos homenageados, afirmou que o PCdoB é considerado a mais antiga instituição partidária ainda em atividade no Brasil, tendo sido fundado oficialmente no dia 25 de março de 1922, na cidade de Niterói (RJ).

O dirigente, que por 20 anos comandou o partido no estado e atualmente integra a direção estadual da agremiação, observou que apesar dos seus 100 anos de história, o Partido Comunista do Brasil passou 60 anos na clandestinidade em razão das perseguições sofridas nos períodos do Estado Novo e da ditadura militar. Ele ressaltou, entretanto, que nem isso impediu que seus integrantes mantivessem a atuação junto à sociedade. “O PCdoB é um partido que tem uma história muito rica, com muitos mártires que tombaram na luta pela democracia no nosso país, em defesa dos trabalhadores. Então eu agradeço a homenagem que a Assembleia Legislativa de Santa Catarina presta ao Partido Comunista do Brasil.”

Secretário Nacional de Organização do PCdoB, Márcio Afonso Cabreira, falou sobre as diretrizes programáticas que orientam a atuação do partido atualmente. ”Somos um partido que busca se organizar a partir do campo progressista, hoje absolutamente indispensável, no nosso ponto de vista, para que possamos trazer ao Brasil padrões de discussão democrática e civilizatória que levem em conta a situação econômica e a situação que ainda vivemos da pandemia de Covid-19. E também para que possamos proporcionar ao nosso povo dias melhores, justiça, paz, e soberania para o Brasil.”

Confira aqui mais fotos da sessão.

Homenageados

  • Divo Guisoni e Raquel Felau Guisoni;
  • Angela Albino;
  • Cesar Antonio Valduga;
  • Clair Castilhos;
  • João Ghizoni;
  • Jucelio Paladini;
  • Douglas Sebastião Espindola Mattos;
  • Giovana Mondardo;
  • Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB);
  • União da Juventude Socialista (UJS);
  • União Brasileira de Mulheres (UBM);
  • União de Negros e Negras pelo Brasil (Unegro);
  • União Nacional LGBT – UNA.

Comente com o Facebook