Em dois meses 219 pacientes de Chapecó fizeram cirurgias eletivas


A Secretaria de Saúde de Chapecó emitiu nesta quinta-feira um relatório onde consta que 219 pacientes foram beneficiados pelo mutirão de cirurgias eletivas, nos últimos dois meses, numa parceira da Prefeitura com o Governo do Estado. Destas, 90 foram oncológicas, 31 pediátricas, 13 ginecológicas, 12 de otorrinolaringologia e 12 vasculares.

De acordo com o secretário adjunto de Saúde de Chapecó, Nédio Conci, o mutirão foi lançado no ano passado pelo prefeito João Rodrigues, com o objetivo de zerar uma fila reprimida de seis mil cirurgias, que foi agravada pela pandemia.

“Temos pessoas que estão na fila há seis anos. O mutirão demorou um pouco para começar pela questão de organização. Estamos operando em hospitais de Chapecó e da região e, a partir de agora devem aumentar as cirurgias no HRO e Hospital da Criança. A meta é chegar a 600 cirurgias por mês, para que possamos zerar a fila”, disse Conci.

Ele afirmou que os beneficiados estão sendo chamados conforme a fila e recomendou que, as pessoas que tem procedimentos solicitados para a Secretaria de Saúde de Chapecó, que mantenham atualizados o telefone e endereço, para que possam ser chamadas quando for sua vez.

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Comente com o Facebook