Criciúma: Planejamento Estratégico para a Gestão Municipal é apresentado na prefeitura


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O Planejamento Estratégico para a Gestão Municipal (Pegem) foi apresentado à Prefeitura de Criciúma nesta quinta-feira (31). O Pegem tem o propósito de aumentar o desempenho da gestão pública e implantar politícas de desenvolvimento na cidade. A entrega, que ocorreu no Salão Ouro Negro, contou com a presença de secretários e diretores. No mesmo ato, o prefeito Clésio Salvaro recebeu o certificado do MEG-Tr (Modelo de Excelência em Gestão) do Governo Federal. Criciúma foi Bronze 4, certificação máxima na avaliação.

“A elaboração do Pegem foi um trabalho coletivo, com a colaboração e consulta de vários setores da Prefeitura. As secretarias e diretorias estão focadas em melhorar os serviços públicos para oferecer o melhor atendimento possível para o cidadão”, afirmou o prefeito.

Para fazer o planejamento, foi utilizada a metodologia do Sebrae. O plano teve como base o documento “Criciúma em Números”, que faz parte do projeto Cidade Empreendedora, além de informações repassadas por lideranças municipais, por meio de entrevistas. “O consultor do município juntamente dos colaboradores da prefeitura elaboram os objetivos, as metas e as prioridades que deverão nortear o trabalho de todos para otimizar os resultados a serem atingidos”, explicou o gerente regional sul do Sebrae de Santa Catarina, Murilo Gelosa.

Ao longo de 2021, workshops com diretores e secretários foram realizados para identificar oportunidades e ameaças ao desenvolvimento municipal, levando em conta pontos fortes e fracos da cidade.

Missão, visão de futuro e valores municipais

O próximo passo para dar continuidade ao Pegem foi construir uma identidade do município. Para isso foram determinadas a missão, a visão de futuro e os valores da Prefeitura. Ficaram, então, estabelecidos:

 – Missão: Promover a qualidade de vida da população criciumense por meio de políticas públicas efetivas, inovadoras e sustentáveis.

 – Visão: Ser, até 2040, nacionalmente reconhecida como cidade para investir, prosperar e ser feliz.

 – Valores: Efetividade, Transparência, Inspiração, Comprometimento e Ação, formando o acrônimo Ética.

Para guiar a elaboração dos objetivos e metas foram apontadas seis diretrizes estratégicas, sendo elas: Atendimento humanizado e eficaz; Empreendedorismo e inovação; Talentos do futuro; Excelência em Gestão; Melhor lugar para viver; e qualidade de vida.

“Com o plano traçado, metas e prazos definidos, o trabalho sai do papel de maneira organizada, o que é fundamental para garantir o progresso e o sucesso econômico em qualquer administração”, explicou o secretário da Fazenda, Celito Cardoso.

Objetivos, metas e prazos

Com base nas diretrizes, foram priorizados 93 objetivos e seus respectivos resultados-chave (metas) para atingi-los. Cada setor da prefeitura colaborou para desenvolver alguns objetivos e prazos para cumprimento.

Na Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Planejamento Urbano, podem ser citados, por exemplo, o objetivo de construir o Parque Santa Luzia, um espaço dedicado ao esporte e lazer para promover a qualidade de vida. Outra intenção da pasta é ampliar as obras de macrodrenagens, como a recém-iniciada no bairro Pio Correa.

Para a Secretaria de Assistência Social e Habitação, um dos objetivos é implantar um centro de serviços funerários especializados, concentrando todas as soluções num só complexo. Na pasta da Fazenda, ficou estabelecido o estímulo para a atração de investimentos, além de alcançar a 7ª posição no ranking de Valor Adicionado Fiscal em Santa Catarina.

Na Secretaria de Saúde, um dos objetivos é reforçar o programa de atendimento domiciliar Melhor em Casa, garantindo uma equipe multiprofissional, e disponibilizar 192 vagas de atendimento a pacientes acamados e domiciliados. Algumas das intenções da pasta já estão em prática, como estender o horário do atendimento nos seis distritos sanitários, que agora operam das 7h às 21h.

Na Secretaria da Educação, um dos principais objetivos é ofertar o atendimento em grandes estruturas educacionais, as chamadas Mega Escolas. Uma destas obras, a Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Filho do Mineiro, já foi inaugurada.

O Pegem tem propostas de curto prazo, até 2025, de médio prazo, até 2030, e, de longo prazo, com entrega até 2040. “Esse é um planejamento ambicioso e que transcende o governo, é um plano para Criciúma. Nossa intenção é que futuras gestões continuem seguindo essa ideia, se trata de um caminho para melhorar a vida na nossa cidade”, ressaltou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Aldinei Potelecki.

Comente com o Facebook