16.3 C
Balneário Camboriú
InícioSua RegiãoFlorianópolisPrefeitura entrega obra do primeiro Restaurante Popular da Capital

Prefeitura entrega obra do primeiro Restaurante Popular da Capital


A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Assistência Social, entregou nesta terça-feira, 29 de março, a obra do primeiro Restaurante Popular da Capital. A obra, localizada na Avenida Mauro Ramos, 722, marca o início deste projeto que trará segurança alimentar para quem mais precisa com refeições nutricionalmente saudáveis.
A previsão é que o Restaurante seja aberto ao público em junho, após contratação da ONG que fará a execução do trabalho em parceria com a Prefeitura. As refeições terão o valor de R$ 3,00 para renda per capita de até meio salário mínimo, R$ 6,00 para acima de meio salário mínimo e isento para renda zero. As taxas trazem equidade para o equipamento, uma vez que os valores são cobrados conforme a renda. 
“Achamos o melhor local de Florianópolis para fazer o nosso Restaurante Popular. Temos que permitir para quem mais precisa um local acessível, fácil de chegar. Florianópolis quer diminuir a diferença entre os mais ricos e os mais pobres e para isso um espaço como esse é essencial. Não adianta falarmos de política econômica e desenvolvimento sem trabalharmos na área social”, comentou o prefeito Gean Loureiro na ocasião.
Além da obra do Restaurante Popular, a administração municipal entregou o posto de atendimento do Cadastro Único para quem quer utilizar o serviço. O local começou a funcionar, após a entrega.
Suelen Melos da Silveira, veio realizar o cadastramento acompanhada da filha de 6 anos e demonstrou felicidade pela entrega da obra. 
“Eu passo o dia todo com minha filha, estudo e desejo que a gente tenha uma alimentação balanceada. Como mãe solo o Restautante Popular trará mais facilidade em garantir esta alimentação. A localização ficou boa porque está próxima de onde estudo e onde minha filha tem aulas também”, comenta Suelen. 
Na fila ao lado estava Renan Pereira de 33 anos. Ele e sua companheira buscaram o espaço para realizar o seu cadastro. 
“Com a alta dos preços dos alimentos não conseguimos comprar todos os que são necessários para o mês. Atualmente estamos sem emprego e temos no Restaurante Popular uma chance de garantia de alimentação adequada e balanceada”, comenta. 
Assim como Renan e sua companheira, podem se cadastrar as famílias que não tenham renda (estas pessoas terão gratuidade) e famílias com renda per capita de até 1 ⁄ 2 salário mínimo, e funcionará até às 19h. A ação começou nesta terça-feira e segue de segunda a sexta-feira das 8h às 19h. 
Para realizar o cadastramento serão pedidos os seguintes documentos:
– RG ou Certidão de Nascimento (no caso de crianças), e *CPF; 
– Carteira de trabalho física que tenha foto da pessoa e a parte de trás da carteira com seus dados, ou carteira de trabalho digital; (caso a carteira esteja assinada é preciso levar um contracheque;
– No caso de pessoas aposentadas é preciso levar um extrato bancário;
– Título de eleitor (caso tenha);
– Comprovante de residência no nome do cadastrado, ou no nome de alguém que more com esta pessoa.


Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!