Criciúma tem nota máxima no Modelo de Excelência em Gestão do Governo Federal


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A Prefeitura de Criciúma obteve a pontuação Bronze 4, que é a nota máxima, na alimentação da plataforma Modelo de Excelência em Gestão das Transferências da União, denominado MEG-Tr, do Governo Federal. Entre os municípios que finalizaram a avaliação, Criciúma foi o único do país a obter o nível máximo de gestão. “A certificação demonstra uma gestão eficiente, organizada e de excelência. São resultados que refletem diretamente na organização da máquina pública e a efetivação do cumprimento de prazos e obrigações, que garantem prestigio do município junto aos governos federal e estadual”, ressaltou o secretário-geral do Município, Vagner Espíndola Rodrigues.

O Modelo de Excelência em Gestão começou a ser implantado no Município no ano passado. Foram sete semanas de trabalho do comitê de implantação para atender os requisitos. “Identificamos as boas práticas na gestão e conseguimos respostas para, pelo menos, 95% das questões relacionadas aos sete fundamentos elencados pelo MEG. A partir disso, alguns planos de melhoria na gestão começaram a ser aplicados”, destacou a gestora municipal de convênios e coordenadora do MEG, Caroline Brunel Matias. Segundo ela, foram elencados 13 planos de melhoria que já estão sendo aplicados.

Entre as melhorias estão a elaboração de um plano para criação e implementação do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) e ampliação do projeto de robótica para atender 1,5 mil estudantes e a construção de dez salas makers por ano, para o desenvolvimento desse projeto até 2023, entre outras iniciativas.

Todos os municípios com mais de 50 mil habitantes, como Criciúma, precisam implantar o modelo. Foi necessário responder todos os questionários relacionados aos sete fundamentos até setembro de 2021, data prevista pelo Ministério da Economia. Após encaminhamento do programa ao órgão federal, Criciúma alcançou 76,1 pontos, de uma escala de 0 a 100, pontuação que poderá interferir no recebimento dos recursos por parte do Governo Federal. “Temos uma equipe de gestão que entende a sua responsabilidade com a administração, e busca fazer sempre mais e melhor. Prova disso é a certificação, que nos coloca mais uma vez como destaque nacional”, frisou o secretário-geral do Município.

Sobre a certificação

O MEG possui sete fundamentos: governança, orientação em processos, capital intelectual, sustentabilidade, compromisso com as partes interessadas, estratégias e planos e geração de valor público.

Segundo o Ministério da Economia, a categoria Bronze 4, certificação máxima do modelo, avalia que a priorização, sistematização e implementação das ações de melhoria da gestão e dos processos gerenciais estabeleceu as bases para a consolidação de uma cultura de excelência da gestão em sua organização. Os resultados apresentados refletem uma elevação da satisfação com a prestação dos serviços, em decorrência do atendimento das necessidades e expectativas das partes interessadas.

Comente com o Facebook