Fisioterapia contribui no desenvolvimento de crianças com necessidades especiais


Nesta semana foi celebrado o “Dia Mundial da Síndrome de Down”. Pensando nisso, a Secretaria de Saúde, por meio do Centro de Reabilitação e Fisioterapia (CERFIS), reforça a importância da fisioterapia infantil. As consultas ajudam na prevenção e tratamento de doenças com origens músculo-esqueléticas, neurológicas e respiratórias, como: síndrome de down, atrofia muscular e paralisia cerebral. O SUS oferece atendimento gratuito, basta ir até a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa ou comparecer no CERFIS, localizado na Rua Tarci Testoni dos Santos, realizar a consulta e solicitar o encaminhamento médico.

Clarice Mezzomo, coordenadora do CERFIS, explica que a fisioterapia infantil  tem como objetivo principal desenvolver habilidades e melhorar a independência funcional, em um contexto lúdico e educativo. “As crianças precisam ser estimuladas adequadamente, para que assim alcancem o potencial de desenvolvimento apropriado. Isso envolve mudanças sequenciais onde cada etapa leva a uma conquista seguinte de forma ordenada”, acrescentou. 

A fisioterapeuta ainda ressalta que na infância o desenvolvimento acontece com uma intensidade elevada, pois é um período onde existe uma ampla  plasticidade do sistema nervoso central. Isso possibilita aumento de ganhos motores e sistema integrados das crianças, sendo importante o início precoce do tratamento fisioterapêutico.

Comente com o Facebook