Semasa promove curso gratuito sobre correta instalação da rede de esgoto em Cabeçudas


Proprietários de imóveis, locatários, comerciantes e profissionais da construção civil poderão conhecer as técnicas e dicas sobre a correta ligação domiciliar à rede coletora de esgoto na segunda edição do curso promovido pelo Semasa, em parceria com a empresa Echoa Engenharia, no dia 30 de março. A capacitação, gratuita, será no Centro de Educação Ambiental (CEA), na Rua Deputado Francisco Evaristo Canziani, nº 1225, em Cabeçudas, às 19h, e tem duração prevista de três horas, com vagas limitadas.

As orientações serão dadas por técnicos que atuam no Programa É Só Se Ligar, ação que vistoria imóveis em regiões atendidas pela rede coletora para certificação de regularidade. O objetivo é orientar sobre quais os pontos analisados pelos fiscais, os principais erros e acertos cometidos na instalação hidrossanitária, responsabilidades do morador e do poder público, além da importância do tratamento do esgoto para o imóvel e para a cidade.

O Semasa atua na capacitação para evitar danos no meio ambiente em razão do despejo clandestino ou irregular de esgoto. No bairro Cabeçudas, conforme dados da vistoria realizada em 2020, mais de 80% dos imóveis apresentam algum tipo de irregularidade, a maioria relacionada à instalação da caixa de gordura.

“Algumas situações são fáceis de serem resolvidas e dependem do conhecimento do morador ou proprietário sobre as instalações do imóvel. Quanto mais informação tiver a respeito da rede coletora, mais rápido poderá se adequar. Todos querem rios e praias sem esgoto e cabe a cada um fazer sua parte”, destaca o diretor de Saneamento, engenheiro sanitarista e ambiental, Victor Silvestre.

O Semasa iniciou, em dezembro de 2021, as vistorias de imóveis na Praia Brava, Cabeçudas, Fazenda, Centro e parte da Vila Operária. Somente em Cabeçudas estão previstas 418 inspeções. As equipes passam no imóvel e solicitam que o morador faça o agendamento da vistoria pelo WhatsApp (47) 99265 6598. Casa seja observado algum erro nas instalações, é dado prazo de 90 dias para regularização.

O curso oferecerá certificado de participação e terá outras edições neste ano. 

Comente com o Facebook