15 C
Balneário Camboriú
InícioSua RegiãoBlumenauCedap promove ações sobre controle da Tuberculose e eliminação da Hanseníase

Cedap promove ações sobre controle da Tuberculose e eliminação da Hanseníase


O mês de março marca o combate à Tuberculose e eliminação da Hanseníase. Em Blumenau, a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) por meio do Centro Especializado em Diagnóstico, Assistência e Prevenção (Cedap) promove uma série de ações que iniciaram no dia 11 e seguem até o dia 25, em vários locais para conscientizar e alertar a população sobre as doenças.

Equipes do Cedap fazem a distribuição de cartilhas informativas, rodas de conversa e testagem para diagnóstico, orientação e encaminhamento para tratamento das doenças. Os trabalhos ocorrem em Ambulatórios Gerais (AG), no Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) e no próprio Cedap. Os interessados em participar das ações podem entrar em contato pelo serviço no telefone (47) 3381-6168.

O dia 24 de março é mundialmente marcado como a data de combate à Tuberculose e em Blumenau este também é o dia municipal de eliminação da Hanseníase. Atualmente, aproximadamente 65 pessoas fazem tratamento para Tuberculose e quatro pessoas estão em tratamento para Hanseníase.

O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 82% do total de casos de tuberculose no mundo. Embora seja uma doença que pode ser prevenida, tratada e mesmo curada, ainda mata cerca de 4,7 mil pessoas todos os anos no Brasil, conforme dados do Ministério da Saúde (MS). A vacina BCG é obrigatória para menores de um ano, pois protege as crianças contra as formas mais graves tanto da Tuberculose quanto da Hanseníase.

Em Blumenau, as pessoas com suspeita de Tuberculose ou Hanseniase podem procurar a unidade Estratégia Saúde da Família (ESF) ou Ambulatório Geral (AG) de referência. No local, a equipe do serviço de saúde fará avaliação do quadro clínico e, caso seja necessário, fará o encaminhamento para o serviço especializado.

A Tuberculose
A Tuberculose é uma doença infectocontagiosa que afeta principalmente os pulmões, mas também pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). Cada paciente com Tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média 10 a 15 pessoas por ano. O tratamento é diretamente observado, profissionais de saúde do Cedap vão até a casa do usuário levar o medicamento e observar a tomada da medicação.

Alguns pacientes, entretanto, não apresentam nenhum indício da doença, enquanto outros apresentam sintomas aparentemente simples, que não são percebidos durante alguns meses. Pode ser confundida com uma gripe, por exemplo, e evoluir durante 3 a 4 meses sem que a pessoa infectada saiba, ao mesmo tempo em que transmite a doença para outras pessoas. A transmissão ocorre por aerossóis de saliva.

Sintomas mais freqüentes de Tuberculose:
– Tosse seca ou com secreção por mais de três semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue;

– Cansaço excessivo e prostração;
– Febre baixa geralmente no período da tarde;
– Suor noturno;
– Falta de apetite;
– Emagrecimento acentuado;
– Rouquidão.

A Hanseníase
Também conhecida como lepra ou mal de Lázaro, a Hanseníase é uma doença infecciosa, contagiosa, que afeta os nervos e a pele e é causada por um bacilo chamado Mycobacterium leprae. A hanseníase tem cura. O tratamento é feito no Cedap. A cura é mais fácil e rápida quanto mais precoce for o diagnóstico.

A prevenção baseia-se no exame dermato-neurológico e aplicação da vacina BCG em todas as pessoas que compartilham o mesmo domicílio com o portador da doença quando for avaliada a necessidade.

Sintomas mais freqüentes de hanseníase:
– Sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades;
– Manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio,
dor e tato;
– Áreas da pele aparentemente normais que têm alteração da sensibilidade e da secreção de suor;
– Caroços e placas em qualquer local do corpo;
– Diminuição da força muscular (dificuldade para segurar objetos).

postada em 21/03/2022 14:08 – 2 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!