Administração de Chapecó lança obras de R$ 86 milhões em asfalto, pavilhões da Efapi, macrodrenagem


A Administração Municipal de Chapecó lançou nesta quarta-feira um novo pacote de obras, que somam R$ 86 milhões, em ato realizado no Centro de Eventos, com a presença de vereadores, secretários, líderes comunitários e demais autoridades.

O ato marcou mais uma etapa da Operação Tapete Preto, que é a 100% Asfalto em Chapecó. O objetivo é pavimentar toda a área urbana, além das sedes do distritos de Marechal Bormann e Alto da Serra.

Uma das novidades foi lançamento dos primeiros dois trechos de Pavimentação Rural. Um deles é a continuação da Rua Priamo do Amaral, que vai ligar a cidade com a comunidade de Faxinal dos Rosa. O valor é R$ 7.127.283,50. Outro trecho de pavimentação rural é a ligação da SCT-480 até a comunidade de Rodeio do Erval. O valor do investimento é de R$ 7.171.764,78

Moradores do Rodeio do Erval levaram uma faixa de agradecimento.

“Vai facilitar o deslocamento, em menos tempo, além das vendas dos produtos, que deve aumentar” disse o agricultor Ademar da Silva, que produz feno, peixe, erva mate e gado de corte.

Foi anunciada a aprovação do projeto de micro e macrodrenagem de Chapecó, que terá recursos do Plano 1000 do Governo do Estado. O valor da obra, que vai reduzir os alagamentos, é de R$ 50.297.365,91.

Também foi assinada a autorização para licitar a revitalização do parque Palmital, no valor de R$ 3.672.085,21, e os novos

Pavilhões da Efapi, no valor de R$ 18.453.714,37.

Na noite desta quarta-feira os líderes comunitários entregaram listas de ruas onde há trechos a serem asfaltado.

“Nós chamamos os líderes comunitários para que nos ajudem a identificar onde tem barro e poeira. No ano passado já fizemos 40 km e o que falta vamos fazer projetos e asfaltar até 2024. Recursos nós temos, do Governo Federal, Governo do Estado, e recursos próprios, de um financiamento de R$ 300 milhões aprovados pelos vereadores”, disse Rodrigues.

O presidente da Câmara de Vereadores, Adão Teodoro, disse que o Legislativo tem deliberado o mais rápido possível para que as obras necessárias sejam feitas.

Comente com o Facebook