16 C
Balneário Camboriú
InícioParlamento SCPlano 1000 é uma política inclusiva e municipalista, diz Paulinha

Plano 1000 é uma política inclusiva e municipalista, diz Paulinha


Com o mandato mais municipalista do Parlamento, a deputada Paulinha faz questão de estar presente em todas as solenidades de  adesão dos principais municípios de Santa Catarina ao Plano 1000. E não foi diferente na segunda-feira (7).

Paulinha participou, na Casa d’Agronômica,  de mais um ato em que 18 prefeituras firmaram compromisso com o governo do Estado e receberão R$ 717 milhões para obras estruturantes ao longo dos próximos cinco anos. Foram contempladas as cidades de Araquari, Barra Velha, Caçador, Capinzal, Dionísio Cerqueira, Gaspar, Imbituba, Indaial, Itapema, Itapoá, Laguna, Orleans, Pomerode, Rio Negrinho, Seara, Tijucas, Urussanga e Xaxim.

Entusiasta do Plano 1000, a parlamentar, que apadrinhou mais de 100 municípios de todas as regiões catarinenses, afirma que se as pessoas vivem nas cidades, é por aí que o trabalho do Estado tem que começar.

Em suas redes sociais, ela postou um vídeo destacando que o Plano 100 vem trazer mais que esperança. 

“É a chance efetiva do prefeito saber que pode planejar o futuro da sua gente sabendo que vai poder contar com uma parceria forte, nos próximos cinco anos. E independente da sua condição partidária! A política que eu acredito é assim: inclusiva, corajosa, ousada, e para todos e todas”, enalteceu a deputada agradecendo sempre a sensibilidade do Governador Carlos Moisés e sua equipe. “Sem dúvida,  é a maior ação municipalista de Santa Catarina”, avalia Paulinha, concordando com a declaração do governador Carlos Moisés, que assim definiu o Plano 1000.
 
“O Plano 1000 representa a maior iniciativa municipalista da história de Santa Catarina, com investimento de R$ 7,3 bilhões até 2026”, disse o governador Carlos Moisés.

Na segunda-feira, firmaram compromisso cidades das regiões Norte, Sul, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Meio-Oeste, Oeste e Extremo Oeste.

“Hoje, nós temos aqui prefeitos das mais diferentes regiões e filiações partidárias. Não existe mais geografia das urnas. Todos receberão os recursos proporcionais à população do seu município. Isso significa tratar de maneira igualitária não apenas a classe política, mas a população de Santa Catarina. Esses valores serão usados em obras que planejem a Santa Catarina do futuro, com mais desenvolvimento e qualidade de vida”, diz Carlos Moisés.

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676
Com informações SECOM

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!