11.1 C
Balneário Camboriú
InícioSanta CatarinaEntra21 planeja formar seis mil profissionais na área da tecnologia no estado

Entra21 planeja formar seis mil profissionais na área da tecnologia no estado


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Formar seis mil pessoas aptas a trabalhar na área da tecnologia. Esse é o objetivo do Entra21, lançado oficialmente nesta terça-feira, 8. O programa, que já é tradicional em Blumenau e no Vale do Itajaí, foi ampliado para atender todo o estado por meio das modalidades on-line e ensino à distância (EAD). As inscrições podem ser feitas até 27 de março. 

O programa é uma iniciativa do Polo Tecnológico de Informação e Comunicação da Região de Blumenau (Blusoft) com o apoio da prefeitura de Blumenau. Desde 2006, quando iniciou, conta com o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), como principal financiador. Neste ano, a fundação dobrou os recursos para ampliar o programa, investindo R$ 2 milhões. 

Para o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, ampliar o Entra21 é extremamente relevante e importante para a sociedade catarinense. “Ao levar o programa da região de Blumenau para todo o Estado estamos mirando no impacto que pode causar em Santa Catarina nos próximos anos”, afirmou. “As oportunidades, como o Entra21, sendo levadas para o Estado, vão permitir a geração, não só de emprego qualificado, mas também de  desenvolvimento pelo empreendedorismo inovador”, avaliou.  

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, também participou do evento. “Para nós, enquanto cidade, é um orgulho ver um programa que cresce ser fomentado pelo Governo do Estado, pelo governo municipal, pela Blusoft, que é a mentora do programa, e pelas empresas de tecnologia. O Entra21 está se tornando referência para Santa Catarina e tenho certeza que a área da tecnologia e da inovação vai crescer e se expandir e desenvolver ainda mais com o programa”. 

Bruno Tiergarten, presidente da Blusoft-Acate, entidade executora do Entra21, também comemorou a nova edição do programa, que tem 17 anos e formou mais de cinco mil profissionais em sua história. “O Entra21 é um programa consolidado, com entregas efetivas”, resumiu. 

“Este evento é um momento muito especial: escalar o programa e levar para todo o Estado”, declarou Sérgio José Tomio, coordenador geral do Entra21. O curso terá três modalidades: presencial, com aulas ministradas em Blumenau, com 300 vagas; on-line, com aulas ao vivo, com 300 vagas; e EAD, com aulas gravadas. Todos os alunos não selecionados nos modos presencial e on-line poderão fazer o curso no formato EAD.   

Os interessados em fazer o Entra21 precisam ter mais de 16 anos e ter cursado ou estar cursando o Ensino Médio. Parte das vagas será destinada a pessoas acima de 30 anos que queiram voltar para o mercado de trabalho, mudar de profissão ou se especializar. Também haverá vagas para pessoas com necessidades especiais.   

Para que mais pessoas possam fazer o curso nas modalidades on-line e EAD, estão sendo estabelecidas parcerias com 18 cidades-polo: Florianópolis, Criciúma, São José, Palhoça, Tubarão, Joinville, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Blumenau, Itajaí, Balneário Camboriú, Brusque, Lages, Rio do Sul, Chapecó, Caçador, Joaçaba e Videira. O objetivo é que estas cidades disponibilizem computador e internet para alunos que não tenham os equipamentos. “É importante deixar claro que pessoas de qualquer lugar do Estado podem participar do Entra21”, explicou Tomio. 

Formação e empregabilidade     

Durante o evento, foram transmitidos depoimentos de ex-alunos do Programa Entra21, que compartilharam suas experiências e conquistas. Entre as vantagens listadas pelos jovens estão: preparação para o mercado de trabalho, networking, oportunidades de trabalho em multinacionais, descoberta de novos talentos e sucesso profissional. “Pra quem quer começar na área ou mesmo para quem já é da área e quer se profissionalizar o curso é essencial e fundamental”, contou o empresário Julio Zendron, da turma de 2015. 

Um dos diferenciais do Entra21 é a empregabilidade. Nos três primeiros meses após a formatura pelo menos dois terços dos alunos costumam estar empregados – muitas vezes chegando a picos de 80%. “O programa realmente me preparou para o mercado de trabalho. Ele não apenas me deu o conhecimento técnico, mas também toda formação para eu poder chegar na empresa, fazer a entrevista”, avaliou Laisa Marques Mendonça, gerente de produto. 

O curso será realizado de abril a outubro, no período da manhã, da tarde ou da noite, com 480 horas de formação. Destas, 356 horas serão de disciplinas técnicas, onde o aluno fará uma das especialidades: Python, C#, React, Java, Dev. Mobile, Front End, Banco de Dados, PHP, Vue.js, Analista de Dados, Flutter, UX & UI, Marketing Digital, ou Pacote Office. Também terá aulas de Inglês (80h), Desenvolvimento Humano e Criação de Portfólio (24h), Empreendedorismo e Inovação (8h) e Contabilidade e Finanças (12h).

Mais informações para a imprensa:
Maurício Frighetto
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC – Fapesc
E-mail: [email protected]
Telefone: (48) 99932-4209
Site: www.fapesc.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!