Calor em SC: ferramenta da Epagri/Ciram mede o nível de estresse térmico das aves


 Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Uma ferramenta disponível na plataforma Agroconnect, disponibilizada pela Epagri/Ciram, permite observar o nível de estresse térmico nas aves oriundo do forte calor que tem feito em Santa Catarina. Altas temperaturas do ar combinadas com umidade do ar podem ter efeitos negativos sobre o bem-estar e a saúde dos animais, principalmente em aves mantidas em aviários e, em casos extremos, podem levar à perda da produção.

“Esses dados são importantes para ações preventivas nos aviários”, afirma o pesquisador da Epagri/Ciram Hamilton Justino Vieira. Ele explica que esse estresse é medido pelo índice de calor calculado em aproximadamente 200 pontos de monitoramento nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. “A entalpia da atmosfera é a energia contida na atmosfera. Essa variável  é calculada e atualizada no sistema Agroconnect a cada hora com dados coletados pelas estações meteorológicas automáticas. A entalpia é dependente da temperatura, umidade relativa do ar e pressão atmosférica”, explica.

O pesquisador ressalta que em dias de calor muito intenso associado à alta umidade do ar, as aves têm dificuldade de respirar, ficam ofegantes e podem morrer em poucas horas. “Antes de atingir os valores letais de entalpia, os animais são prejudicados e, portanto, as medidas de prevenção já devem serem iniciadas antecipadamente”, diz.

Hamilton alerta também que os avicultores devem estar atentos a possíveis problemas de energia elétrica que possam interferir nos sistemas de ventilação e resfriamento dos aviários. Ele relata que em 2014 mais de 200 mil aves morreram na região de Concórdia, pois era um período muito quente e a falta de energia elétrica provocou o desligamento dos sistemas de ventilação da unidade produtiva.

Previsão do tempo para os próximos dias

A temperatura segue elevada em Santa Catarina de acordo ao esperado para a época do ano. Devido ao calor da tarde,  as pancadas de chuva concentradas serão mais frequentes no Estado no período de 9 a 13 de fevereiro. Nos  dias 16 e 17/02, uma frente fria passa pelo estado causando chuva melhor distribuída e com volumes mais elevado. Os totais mais elevados de chuva devem ocorrer na faixa leste do estado, especialmente no Litoral.

Mais informações para a imprensa:
Gisele Dias
Assessoria de imprensa 
Epagri
Fone: (48) 3665-5147 / 99989-2992
E-mail: [email protected]
Site: www.epagri.sc.gov.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook