PMF faz chamamento de pessoas com D2 e D3 atrasadas


A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, ressalta a importância da segunda dose e dose de reforço para a população da Capital. Atualmente cerca de 27 mil pessoas estão com a segunda dose atrasada e cerca de 103 mil com doses de reforço em atraso. A não ida de pessoas até os pontos de vacinação pode acarretar em vacinas que precisam ser descartadas por saírem do prazo de validade, ou seja, quem tem doses de Astrazeneca ou Pfizer vencidas há mais de dois meses e não comparecer para vacinação até 18/02 perderá o direito garantido de receber sua dose. 
 
A partir de então, sua vacinação dependerá da disponibilidade de estoque considerando as doses reservadas para quem ainda está no prazo de vacinação. 
 
A administração municipal reforça ainda que o esquema vacinal completo é imprescindível para assegurar maior proteção contra o novo Coronavírus e com possibilidade de sintomas menores, menos pessoas serão infectadas. Isto porque pessoas vacinadas desenvolvem menos sintomas, caso sejam infectadas por Covid-19, e por consequência passam para menos pessoas.
 


Comente com o Facebook