Equipes da Celesc realizam limpeza de salitre em redes elétricas do litoral norte


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Uma operação do Núcleo Norte da Celesc está limpando salitre nas redes elétricas das praias do litoral norte de Santa Catarina. A ação já lavou aproximadamente 600 estruturas e usou 20 mil litros de água da captação de chuvas desde novembro de 2021, quando teve início em Itapoá. A Celesc já destinou mais de R$ 600 mil a esse tipo de serviço desde 2019, que é executado anualmente e integra o seu planejamento de manutenção preventiva.

Durante janeiro, a equipe fez o trabalho em Balneário Barra do Sul e agora irá para as praias e região portuária de São Francisco do Sul, com previsão de término em março.

O trabalho consiste na lavagem dos isoladores, chaves de manobra e outros componentes da rede de distribuição de energia localizados em regiões próximas à orla marinha. “Este serviço especializado e meticuloso apresenta importantes resultados, principalmente para os consumidores, já que minimiza as interrupções no fornecimento de energia e dá mais confiabilidade ao sistema elétrico das áreas litorâneas”, destaca o gerente do Departamento Manutenção do Sistema Elétrico da Celesc, Paulo Roberto Anderson.

Para incrementar este tipo de ação, a Empresa também investiu na aquisição e reforma de dois caminhões com robôs lavadores de redes. Equipados com um jato que projeta água sob pressão na superfície dos componentes, esses robôs são instalados na extremidade de um guindaste e permitem que a higienização seja feita com a rede energizada, o que diminui os desligamentos programados e garante mais comodidade à população. Além disso, a moderna ferramenta também aumenta a segurança dos profissionais que operam o sistema, pois o robô possui um dispositivo que permite controlar o processo à distância.

Importância da limpeza da rede litorânea

O salitre é prejudicial ao sistema elétrico, pois o seu acúmulo nos isoladores permite a passagem de corrente elétrica para o solo, o que pode ocasionar a atuação das proteções, o desligamento do sistema e até a queima de cruzetas e postes. Para evitar esse fenômeno que causa a interrupção no fornecimento de energia, o processo de limpeza das redes litorâneas é realizado regularmente, de acordo com as condições meteorológicas de cada região. A maior incidência de vento nordeste e o pouco volume de chuva aumentam a necessidade do procedimento.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Imprensa 
Centrais Elétricas de Santa Catarina – Celesc 
E-mail: [email protected]
Atendimento 24h: 0800 048 0120
Site: www.celesc.com.br

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook