16.3 C
Balneário Camboriú
InícioPolíticaSopelsa assume a Presidência da Alesc; Eskudlark é eleito 1º vice-presidente

Sopelsa assume a Presidência da Alesc; Eskudlark é eleito 1º vice-presidente


O deputado Moacir Sopelsa (MDB) foi eleito por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (2), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina para o mandato que vai até 31 de janeiro do ano que vem. O parlamentar é o 51º presidente da Alesc na era republicana.

A eleição de Sopelsa foi possível graças a um acordo do MDB e do deputado Mauro de Nadal (MDB), com anuência dos demais partidos da Assembleia, para a divisão da Presidência da Alesc no biênio 2021-2023. Para isso, na abertura dos trabalhos legislativos em 2022, em sessão ordinária na tarde desta quarta, Nadal renunciou à Presidência para a qual foi eleito em 1º de fevereiro do ano passado.

Na mesma sessão, o deputado Nilso Berlanda (PL) renunciou à 1ª Vice-Presidência da Alesc, também parte de um acordo dentro do Partido Liberal pela divisão do mandato. Para o seu lugar, foi eleito o deputado Mauricio Eskudlark (PL).

A eleição
Com as renúncias de Nadal e Berlanda, o deputado Ricardo Alba (PSL), 1º secretário da Assembleia, declarou vagos os cargos de presidente e 1º vice-presidente. O deputado Kennedy Nunes (PTB), 2º vice-presidente, convocou sessão preparatória para a eleição do novo presidente, que foi comandada pelo deputado Romildo Titon (MDB), o mais idoso com maior número de mandatos de deputado estadual, como determina o Regimento Interno da Assembleia.

Sopelsa foi eleito por unanimidade entre os 38 deputados presentes. Fabiano da Luz e Luciane Carminatti, ambos do PT, não compareceram à sessão.

O novo presidente fez um discurso repleto de agradecimentos, direcionados principalmente aos familiares e amigos. Sopelsa também agradeceu um a um os deputados que o elegeram. Ao se referir à mãe Diamantina, ao pai Faustino e ao irmão Belmiro, já falecidos, se emocionou.

Deputado Moacir Sopelsa se emociona durante o discurso de posse. FOTO“Sou um filho de colono. Nos primeiros dias da minha vida, aprendi com os exemplos dos meus pais, de tratar sempre as coisas com lealdade, respeito e dignidade. Gostaria tanto que eles pudessem estar aqui nesse dia. Infelizmente, Deus já os chamou, mas eles lá de cima estão guiando os meus passos”, afirmou.

“Vou fazer tudo para que o nosso Parlamento siga atuante, forte, independente, mas sempre como o poder que é respeitosamente aberto ao diálogo com os demais poderes”, completou.

O irmão Vitor, a esposa Valentina, as filhas e a neta Sofia também receberam agradecimentos especiais do deputado. “Peço a Deus que me guie, que me faça fazer sempre o melhor e não esquecer nunca o respeito às pessoas”, disse.

O presidente eleito recebeu os cumprimentos dos parlamentares, como o deputado Neodi Saretta (PT), adversário político de Sopelsa em Concórdia. “Como conterrâneo, vejo com alegria sua candidatura. Estivemos em trincheiras políticas opostas, mas em todos esses anos aprendi a admirar e respeitar o deputado, que jamais ultrapassou os limites da civilidade e da cordialidade numa disputa política. Como concordiense, me sinto contemplado com a sua Presidência”, afirmou Saretta.

Vice-presidente
O novo presidente assumiu o cargo e convocou uma segunda sessão preparatória para a eleição do novo 1º vice-presidente. Para a função, foram apresentadas duas candidaturas, ambas do PL: a de Maurício Eskudlark e a de Marcius Machado.

Marcius Machado (e) e Mauricio Eskudlark disputaram a Vice-Presidência. FOTO: Bruno Collaço/Agência ALO líder do PL na Alesc, deputado Ivan Naatz, afirmou que a candidatura de Marcius era um pedido da maioria dos membros da bancada. “Como ocorre em todos os partidos, as disputas internas também são salutares para o crescimento do partido”, argumentou Naatz.

Eskudlark foi eleito com 31 votos. Marcius Machado recebeu sete votos: Bruno Souza (Novo), Ivan Naatz, Jessé Lopes (PSL), João Amin (PP), Marcius Machado, Nilso Berlanda e Sargento Lima (PL). Fabiano da Luz e Luciane Carminatti, ambos do PT, estavam ausentes.

O novo vice-presidente também fez agradecimentos aos deputados pela votação e à família, principalmente à mãe, que acompanha sempre acompanha as sessões da Alesc. “Quero deixar minha gratidão a todos os colegas que construíram um projeto para atender bem o catarinense. Vamos continuar com esse projeto.”

Autoridades
A abertura dos trabalhos legislativos em 2022 e a eleição de Sopelsa e Eskudlark foram acompanhadas por várias autoridades, entre eles os desembargadores João Henrique Blasi, que assumirá a Presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), e Ricardo Roesler, que deixa a chefia do Judiciário estadual; do procurador-geral de Justiça, Fernando Comin; o chefe da Casa Civil do Estado, Eron Giordani; o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Junior; o secretário de Estado da Educação, deputado licenciado Luiz Fernando Vampiro; o deputado federal Celso Maldaner, presidente do MDB-SC, o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina; coronel Marcelo Pontes; os ex-governadores Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso Vieira, entre outras autoridades.

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!