15 C
Balneário Camboriú
InícioSua RegiãoChapecóEntidades empresariais e Prefeitura de Chapecó querem fortalecer pequenos negócios

Entidades empresariais e Prefeitura de Chapecó querem fortalecer pequenos negócios


Avaliar as ações desenvolvidas pelo Programa Cidade Empreendedora no município de Chapecó em 2021, assinar o convênio de cooperação técnica para execução do Projeto de Desenvolvimento Setorial – Indústrias Chapecó e apresentar uma proposta de aceleração de microempreendedores individuais (MEIs) – MeiUP. Com esses objetivos foi realizada, na última terça-feira (1º), reunião na Administração Municipal de Chapecó. Participaram o secretário de Governo Thiago Felipe Etges, representantes do Sebrae/SC Luc Pinheiro (diretor técnico), Paulo Rocha (gerente de desenvolvimento regional), Udo Martin Trennepohl (gerente regional no oeste e no extremo oeste), Américo do Nascimento Junior (consultor articulador do Programa Cidade Empreendedora no oeste) e Wanderley Andrade (gerente regional na Grande Florianópolis), da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) Lenoir Broch (presidente) e do Pollen Parque Tecnológico, Rodrigo Savenhago (diretor de negócios).

Todas essas iniciativas buscam melhorar o ambiente de negócios, o crescimento das pequenas empresas e a expansão das atividades econômicas. O Programa Cidade Empreendedora, por exemplo, auxilia na implementação de políticas públicas e ações estratégicas para o progresso da cidade, a fim de gerar emprego, renda e oportunidades de negócio. Até dezembro deste ano serão desenvolvidas verticais estratégicas definidas pelo Poder Público nas áreas da educação empreendedora, agricultura familiar, turismo, inovação na gestão pública, adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), capacitação para servidores municipais e fomento ao empreendedorismo. Etges destacou que com o Simplifica Chapecó foi possível solucionar várias demandas do setor empresarial. “Unificamos os setores para agilizar os procedimentos e para que o empresário possa resolver de fato suas pendências se deslocando a apenas um lugar. Isso facilita a vida do empreendedor e faz com que ele ganhe tempo”, observou.

Para Luc Pinheiro o ponto relevante dessa parceria remete a construir medidas das quais o município necessita para melhorar seu ambiente de negócios. “Ao olharmos para os MEIs, precisamos compreender suas necessidades, mas em paralelo realizamos esse trabalho em conjunto que busca fazer com que ele mude rapidamente sua modalidade jurídica, ou seja, que cresça e possa contribuir com a sociedade ao gerar emprego, renda e incremento do movimento econômico do município”, argumenta o diretor técnico do Sebrae/SC ao destacar o número expressivo de MEIs ativos em Chapecó.

Desenvolvimento Setorial

As lideranças assinaram termo de cooperação técnica para o início das atividades do Projeto de Desenvolvimento Setorial – Indústrias Chapecó: inovação com rentabilidade por meio da tecnologia da informação, que será desenvolvido em 2022 e 2023. O objetivo é dotar os estabelecimentos com ferramentas gerenciais e tecnológicas para elevar o faturamento, a lucratividade e a produtividade. Essa proposta foi elaborada a partir de demanda identificada pelo Programa Cidade Empreendedora. Entre os parceiros para execução estão: ACIC, SIMEC, Pollen – Centro de Inovação, Prefeitura e SEBRAE.

De acordo com Trennepohl, inicialmente, participarão 80 micro e pequenas empresas, sendo 20 de cada segmento participante: alimentação fora do lar, confecção, madeira-móveis e metal mecânico. “Esperamos contribuir para combater o desperdício nessas cadeias produtivas, tornar a atividade mais sustentável, reduzir custos, aumentar a produtividade, implantar ações sustentáveis, mapear e prospectar novas oportunidades e implementar inovações”, antecipa o gerente regional do Sebrae/SC no oeste e no extremo oeste.

Aceleração de MEIs

Outra iniciativa apresentada na reunião foi o MeiUP, desenvolvida por meio da parceria ACIC com Sebrae/SC. A proposta busca promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios, além de estimular o empreendedorismo e contribuir para a construção de um País mais junto, competitivo e sustentável. Broch antecipou que esse projeto será lançado neste ano com a intenção de acelerar os pequenos negócios de Chapecó. “Esse projeto piloto será uma referência nacional, pois conta com a colaboração de especialistas do Sebrae Nacional. Inicialmente atenderemos 20 MEIs, que terão tutoria e acompanhamento durante um ano e meio”, adiantou.

Acompanhe mais notícias do Sebrae/SC na Agência Sebrae de Notícias e nas redes sociais: Instagram Facebook LinkedIn Twitter Telegram YouTube Blog Site.

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!