Chapecó teve crescimento de 42% na geração de empregos em 2021, comparado com 2020


Chapecó teve um saldo positivo de 6.414 empregos gerados em 2021, o que representou um crescimento de 42,91% em relação aos 4.488 empregos gerados no ano anterior. De acordo com os dados divulgados nesta semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados e compilados pela secretaria de Desenvolvimento Econômico de Chapecó, o setor de serviços liderou a abertura de vagas, com saldo de 2.968. Depois veio a indústria, com 1.301, Comércio, com 1.113, Construção Civil, com 973 e, Agropecuária, com 59.

“Tivemos um saldo positivo onde o setor de serviços se destacou, com a abertura de novas empresas, a indústria, puxada principalmente pela agroindústria, manteve bons números, o comércio mostrou recuperação, mesmo num ano em que tivemos acirramento da pandemia. A construção civil segue aquecida. A expectativa é que em 2022, com os investimentos previstos, vamos gerar ainda mais empregos”, afirmou o diretor de Incentivo ao Empreendedorismo, Luiz Roberto Tillmann.

Recentemente o prefeito João Rodrigues anunciou R$ 686 milhões em investimentos, em novos parques, asfalto, novas escolas, pavilhões da Efapi, Elevado da Bandeira, unidades de saúde e infraestrutura, entre outros. Estes recursos vão movimentar a economia local e gerar mais empregos.

Chapecó tem 91.198 trabalhadores com carteira assinada, o que representa 40% da população. Com uma estimativa de 20% no mercado informal, 48% da população está no mercado de trabalho.

Em Santa Catarina é a 6ª cidade que mais gerou empregos, entre as cidades com mais de 100 mil habitantes.

Comente com o Facebook