Prefeitura realiza retirada de lixo acumulado em residência


A Administração Municipal de Chapecó realizou nesta terça-feira uma ação de limpeza de um terreno localizado no Bairro São Pedro, onde havia grande concentração de lixo.

Até o final da tarde haviam sido retiradas três cargas de caminhão somando 44m³, e três caçambas de resíduos, acumulados há mais de cinco anos, segundo relatos de vizinhos.

O material está sendo encaminhado para um aterro no município de Saudades.

Participaram da ação a Secretaria de Infraestrutura Urbana, através da Gerência de Saneamento, Vigilância Sanitária Ambiental, Guarda Municipal, Assistência Social e Napa.

De acordo com a gerente de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura de Chapecó, Graciela Heckler, a fiscalização identificou grande concentração de resíduos orgânicos em processo de decomposição e inorgânicos, animais em condições precárias de saúde, pontos de foco do mosquito Aedes Aegypti. O acesso à residência, em virtude da quantidade excessiva de resíduos, somente era possível por um corredor com cerca de trinta centímetros de largura entre os rejeitos. No interior da residência também havia grande concentração de resíduos. Mesmo após as orientações realizadas, o morador apresentava resistência à retirada dos substratos.

Segundo Graciela os dejetos e demais resíduos provocavam mau cheiro, proliferação de animais como insetos e roedores, podendo causar a propagação de doenças relativas ao acúmulo de lixo.

“Destacamos que é proibido acumular resíduos em residências devido à questão de saúde pública, proliferação de mosquitos como o Aedes aegypti (transmissor de dengue, zika e chikungunya), pragas, ratos e animais peçonhentos”, disse a gerente de Saneamento do Município.

Ela informou que a Prefeitura recebeu denúncias de acúmulo de lixo pelo aplicativo Chapecó Digital. Assim, foi realizada no dia 7 de dezembro de 2021 fiscalização in loco envolvendo o setor de Gerência de Saneamento, junto com Agentes de Endemias da Vigilância Sanitária Ambiental, na residência localizada na Rua Pará, Bairro São Pedro.

Foi identificada a procedência da denúncia, identificada grande concentração de resíduos orgânicos em processos de decomposição e inorgânicos, bem como animais em condições precárias de saúde. O local já era monitorado como ponto de foco do mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue.

Outros dois casos de acumulares de resíduos já foram identificados em breve será realizada intervenção do poder público também nestes locais.

Comente com o Facebook