Mutirão contra a dengue eliminou 2.786 depósitos


O primeiro mutirão contra a dengue de 2022, realizado neste sábado, no bairro Líder, abrangendo também o loteamento Santa Luzia, eliminou 2.786 depósitos. De acordo com coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde de Chapecó, Karina Giachini, desde às 7h30 da manhã até o meio dia foram realizadas 664 visitas pelos mais de 50 Agentes de Combate a Endemias. Uma equipe da Secretaria de Infraestrutura também auxiliou no recolhimento de volumosos.

Foram recolhidos 70 pneus, visitados 24 pontos estratégicos, realizados 93 tratamentos e cobertura de cisternas e caixas de água, atendidas seis denúncias e abertas outras oito, além de assinados 25 termos e solicitações de adequação.

De acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde Ambiental, o objetivo da ação foi mobilizar a comunidade para a prevenção à Dengue, Zyka vírus e febre Chikungunya, orientar sobre a separação dos resíduos e destinação correta, inspeção e eliminação de possíveis depósitos e criadouros do mosquito, para reduzir a infestação do Aedes aegypti no município Em 2021 Chapecó teve 1407 focos do mosquito Aedes aegypti, 89% a mais do que no ano anterior, e 66 casos confirmados de dengue. Em 2022 já são 60 focos e um caso de dengue. Somente no bairro Líder foram 66 focos registrados no ano passado e 174 ocorrências atendidas (denúncias e solicitações). Por isso foi um dos locais escolhidos para esta ação.

Comente com o Facebook