Município de Itajaí registra redução de 35% nos atendimentos e altera fluxo na UPA CIS e Vila da Saúde


O Município de Itajaí, através da Secretaria de Saúde, reorganiza, a partir esta terça-feira (25), a estrutura de consultórios no Centro Integrado de Saúde (CIS) devido à baixa do número de atendimentos. Nos últimos quatro dias, foi registrada redução de 35% no número de consultas realizadas nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do CIS e do bairro Cordeiros e na Vila da Saúde. Ao todo, foram registrados 4.776 atendimentos no período, o dado significa 2.581 consultas a menos do que nos quatro dias anteriores.

Na estrutura montada emergencialmente, chamada de Vila da Saúde, 20 novos consultórios 24 horas foram habilitados para atender pacientes com sintomas respiratórios e desafogar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). No entanto, com a queda no número de atendimentos no local, a Secretaria optou por desativar 10 desses consultórios. Com isso, a Vila da Saúde manterá 10 consultórios médicos 24h, além de sala de medicações, triagem, espaço para testagem, farmácia e banheiros para atender à população.

O fluxo da UPA CIS também passou modificações e quatro consultórios ampliados neste ano foram desativados. O local segue com nove salas disponíveis, sendo três para atendimento pediátrico e seis para adultos. Ao todo, Itajaí conta com 23 consultórios médicos para atendimento 24 horas, sendo 10 na Vila da Saúde, 09 na UPA CIS (03 pediátricos e 06 adultos) e 04 na UPA Cordeiros.

Além disso, a Unidade de Pronto Atendimento Infantil anexa ao Hospital Pequeno Anjo é referência para o atendimento de crianças de 0 a menores de 14 anos. O espaço é conveniado ao Município de Itajaí e segue disponível 24 horas para atender crianças com ou sem sintomas respiratórios. A entrada fica na rua João Bauer e está identificada com placa. 

Comente com o Facebook