Procon divulga tomada de preços de material escolar


Na tarde de ontem, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON divulgou uma pesquisa realizada no comércio de Chapecó, no intuito de chamar atenção dos pais e tutores para os preços de materiais escolares.

Foram coletados custos de itens como cadernos, pastas, papéis e materiais em geral em quatro estabelecimentos da cidade, e registrada uma variação média de 58.3% de diferença nos preços. (Pesquisa anexo)

O Coordenador Executivodo Procon Chapecó Gustavo André Vendramin disse que “o órgão de proteção está atento ao movimento do mercado, nesta época de volta às aulas, para auxiliar a comunidade na decisão de compra. Cabe ao consumidor investir um tempo para realizar pesquisa de preços também, reforçando a sua própria defesa, afinal, consumidor alerta é cliente satisfeito.”

Comente com o Facebook