Estado assina convênio de R$ 227 milhões para obras em Chapecó


Um convênio no valor de R$ 227 milhões foi assinado nesta quinta-feira, pelo governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, e pelo prefeito de Chapecó, João Rodrigues, em ato no auditório da Prefeitura de Chapecó. Os recursos serão aplicados no Contorno Viário Leste e no projeto de macrodrenagem de Chapecó.

O convênio faz parte do Plano 1000, anunciado pelo Governo do Estado, que pretende repassar R$ 1 mil por habitante para projetos nas 70 maiores cidades de SC.

“Estes recursos serão distribuídos com critério, para bons projetos, e Chapecó já tem projetos prontos que vão gerar desenvolvimento para a região”, afirmou o governador.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, lembrou que o projeto do Contorno Viário Leste tem quase cinco décadas, pois é do tempo do ex-prefeito Milton Sander. Depois sofreu algumas alterações, tendo a versão mais recente em 2015, mas que na época fico engavetado pelo custo de aproximadamente R$ 120 milhões.

“Temos uma gratidão com o governo do Estado pois para Chapecó não tem faltado recursos. Agora com o Plano 1000 vamos desengavetar o projeto do Contorno Viário Leste, que estamos fazendo as adequações para apresentar e licitar ainda em janeiro. Este projeto tem estimativa de R$ 180 milhões para um trecho de 22 quilômetros. Também vamos cadastrar o projeto de macrodrenagem, que representa mais R$ 35 milhões”, disse João Rodrigues.

João Rodrigues disse que o projeto vai sofrer uma modificação no traçado, saíndo da SCT-480, no Rodeio Chato, passando pelo distrito industrial e indo até próximo de Cordilheira Alta, onde vira para sair no Belvedere, ligando com a BR-480, que é o acesso para a BR-282. A expectativa é que Cordilheira Alta faça a ligação da BR-282 com Chaepecó.

Rodrigues disse que, os recursos que iria investir na macrodrenagem vai destinar para outras obras, como pavimentação de estadas rurais e acesso ao Autódromo Internacional.

Já o projeto de macrodrenagem prevê correção de cursos e canalização e alargamento de rios e córregos para evitar alagamentos.

O governador do Estado também anunciou recursos para trevos na SCT-480, próximo da Max Sul. Em encontro na Aurora Alimentos, ainda na manhã desta quinta-feira , foi anunciado um trevo na SCT-283, próximo dos silos da Cooperalfa e da unidade frigorífica da Aurora Guatambu.

Também participaram dos atos de assinatura do convênio o secretário da Agricultura, Altair Silva, o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, o deputado estadual, Marcos Vieira, além de prefeitos e demais autoridades.

Comente com o Facebook