13.8 C
Balneário Camboriú
InícioSanta CatarinaNo último edital do ano, Câmara de Conciliação de Precatórios fecha maior...

No último edital do ano, Câmara de Conciliação de Precatórios fecha maior quantidade de acordos da história da PGE/SC


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM

A publicação do Edital de Aprovação nº 3/2021 da Câmara de Conciliação de Precatórios (CCP), ocorrida na edição dessa terça-feira, 14, do Diário Oficial de Santa Catarina (DOE), revelou duas conquistas relevantes para os catarinenses: a geração de mais de R$ 18 milhões de economia no pagamento das dívidas e a maior quantidade de acordos firmados na história da Procuradoria-Geral do Estado (PGE/SC). Ao todo, 1.477 credores ofereceram descontos que variaram entre 20% e 40% para receber antecipadamente valores devidos pelo Estado e já reconhecidos pela Justiça.

Este foi o terceiro edital de 2021, que disponibilizou mais de R$ 93,3 milhões para a realização das conciliações. Somadas, as ofertas recebidas totalizam pouco mais de R$ 75,3 milhões que serão pagos a partir de Janeiro de 2022, conforme procedimento próprio do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Junto com os outros dois editais, agora encerrados, a economia proporcionada aos cofres públicos ultrapassa os R$ 44,6 milhões. Ao todo, foram 2.709 acordos formalizados neste ano.

Para o procurador-geral do Estado, Alisson de Bom de Souza, os números positivos demonstram a importância das iniciativas de conciliação que têm sido propostas pela PGE/SC em diversos âmbitos.

– Sempre que focamos na conciliação, obtemos resultados positivos para a sociedade e para a Administração Pública. No caso da CCP, o resultado deste jogo de “ganha-ganha” é muito claro: o credor recebe mais rápido o recurso ao qual tem direito e o Estado economiza valores expressivos, que podem ser aplicados em políticas públicas de interesse de todos. Essa é a verdadeira advocacia pública do século XXI, voltada à composição e não ao litígio – afirma o chefe da Procuradoria.

Ao longo desta semana e ainda antes do recesso do judiciário, os acordos aprovados serão enviados ao TJSC. O pagamento deve ocorrer em janeiro.

Economia milionária para SC

A atuação da CCP poupou, só nos últimos três anos de atuação, mais de R$ 142 milhões. O montante deixou de sair dos cofres públicos e pôde ser aplicado em outras áreas da Administração Pública. Além disso, a quitação antecipada contribuiu para injetar recursos na economia, sobretudo durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.

Instituída em 2012 após a publicação do Decreto nº 901, a Câmara viabiliza a realização de acordos entre o Estado e os credores, com deságio, para a redução da fila de espera desses pagamentos. No ano de sua criação, foram pouco menos de 20 acordos, porém a popularização dessa alternativa elevou a quantidade de conciliações realizadas.

Informações adicionais para a imprensa:
Felipe Reis
Assessoria de Comunicação
Procuradoria-Geral do Estado
[email protected]
(48) 3664-7650 / 3664-7834 / 98843-2430

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook
Redação SC Hoje
Redação SC Hoje
DÊ SUA OPINIÃO SOBRE A QUALIDADE DO CONTEÚDO QUE VOCÊ ACESSOU. Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e envie sua mensagem por e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp 48 99805.5030
- Advertisment -

Mais Lidas

Enviar mensagem
Envie FOTOS, VÌDEOS, ÁUDIOS, DENÚNCIAS ou sugestões de pauta para a equipe da redação!