15º Salão de Artes encerra quarta-feira (15) com evento on-line


Nesta quarta-feira (15), acontece o encerramento do 15º Salão Nacional de Artes de Itajaí. O evento, que durou um mês e reuniu artistas de todo o país, finaliza suas atividades com a apresentação dos trabalhos artísticos contemplados na categoria Bolsa de Produção. Os três artistas contemplados receberam acompanhamento da equipe curatorial do Salão para a produção, cujo resultado será exposto na live que acontece às 20h, no canal do YouTube da Fundação Cultural de Itajaí(https://www.youtube.com/fundacaoculturaldeitajai).

Entre os projetos contemplados estão “Companhia Descolonizadora” do artista mineiro Silfarlem Oliveira, “A.P.N. (Aliança Periférica Nacional)” do artista plástico Desali, e “O Vazio que Carrego na Cidade” do coletivo itajaiense Eranos – Círculo de Artes.

Saiba mais sobre as propostas artísticas:

Companhia Descolonizadora – Silfarlem Oliveira
A Companhia Descolonizadora propõe a realização de demarcações visuais-descritivas em forma de placa de sinalização, em tamanho real, com pictogramas reproduzindo padrões gráficos correspondentes às três principais etnias indígenas que habitavam e ainda habitam o território que chamamos Santa Catarina.

A.P.N. (Aliança Periférica Nacional) – Diários de Bordo – Desali
Aproximando a periferia da arte contemporânea, a ação direta “Diários de Bordo” é um projeto que articula intervenção urbana e discussão política, e coloca em diálogo o Brasil atual com o Brasil de 1964.

O Vazio que Carrego na Cidade – Eranos
Neste trabalho são exploradas as tensões de um grande volume e pouco peso relativo e sua relação com o esforço humano. A distopia de um ser humano carregando com suas próprias forças algo maior que seu tamanho. Do peso encontrado nas coisas vazias, que quando amalgamadas em grande quantidade geram a dificuldade no deslocamento. O ar que ocupa o espaço. As relações entre visível e invisível.

Sobre o 15º Salão Nacional de Artes de Itajaí
Neste ano, o Salão Nacional de Artes de Itajaí ocorreu de 15 de novembro a 15 de dezembro em formato inédito. Além de a programação ser 100% digital, nesta edição pela primeira vez o evento fez interlocução entre arte, curadoria e educação, por meio de três categorias lançadas no edital de submissão de propostas: Exposição, Bolsa de Produção em Artes Visuais e Proposição Formativa. O Programa Encontra também fomentou conversas com curadoras convidadas atuantes no país sobre as diversas possibilidades de atuação no campo da curadoria.

O evento encerra nesta quarta-feira (15), mas o site com as exposições e demais informações sobre as propostas artísticas contempladas ficará no ar por um ano para as pessoas visitarem à vontade. O endereço eletrônico é: www.15snai.com

Comente com o Facebook