Dança impulsiona sonhos de professora e alunas no Bairro Educador de Florianópolis


Moradora do Morro do Mocotó, em Florianópolis, Ellen Lopes, 23 anos, é professora de de jazz. Quando adolescente queria aprender e depois ensinar as pessoas a dançarem. Aos 8 anos de idade, por meio de um projeto social de dança na comunidade, dominou essa arte.  Hoje, o tempo mostrou que a perseverança, aliada a muito treino, pavimentou a concretização do sonho da jovem.

Em 2021, o objetivo alcançado ganhou um novo significado na vida de Ellen. Ela se tornou professora de dança do Programa Bairro Educador, no Morro do Mocotó. “Imagina. Eu desejava ser profissional da dança e agora transmito conhecimento para as crianças da minha comunidade. Isso não tem preço”, diz agradecida.

A professora deixa transparecer um brilho no olhar. Brilho de quem ama o que faz. Este mesmo brilho percebe-se no rosto das crianças que freqüentam as oficinas às terças e quintas-feiras no período da tarde.

Um exemplo é Ana Beatriz Machado, 11 anos, que revela entusiasmada: “Eu gosto de vir para a dança porque estou aprendendo com a professora coreografias que eu não sabia. Além disso, temos a oficina de graça com direto a ganhar uniforme e o lanche”.

Quem também é pura felicidade é Maria Gabrieli Silveira, 8 anos.  “Gosto de tudo aqui: de fazer o aquecimento, de levantar as pernas, de abrir os braços, fazer o espacate (movimento de abrir as pernas de modo que formem um ângulo de 180º e que fiquem paralelas ao solo), estrelinha. No futuro pretendo ser bailarina e dançar no palco”.

Maria diz que desde que começou a oficina de dança o seu condicionamento físico melhorou e as aulas a ajudaram a praticar o movimento que ela chama de ponte sem uma mão. “Antes eu achava que não ia conseguir, mas com os ensinamentos da professora Ellen, estou conseguindo fazer este movimento”, diz empolgada.

galeria de imagens


Comente com o Facebook