Memória Digital: Enxaimel


Nas primeiras décadas da Colônia Blumenau, as construções tinham características comuns às encontradas em determinadas regiões da atual Alemanha. A tipologia feita com estrutura de madeira encaixada com fechamento de tijolos aparentes não significa que não existia mais capital para “rebocar” a edificação. Os tijolos são os mesmos usados nas construções ou arquitetura Backstein Expressionimus, que, traduzindo do alemão, significa “Arquitetura Expressionista”, feita com tijolos, ou expressionismo em ladrilho – arquitetura características do Norte da Alemanha, de onde é oriunda essa forma de construir. Os novos ricos da região do Vale do Itajaí, do início do século XX, e que já adotavam o novo estilo internacional Art Deco e o eclético, rebocavam suas casas urbanas (em enxaimel) e alguns no interior da colônia, criando a falsa afirmativa de que essas edificações eram tipicamente rurais e não urbanas. A Colônia Blumenau teve, em todo o seu território, a presença de edificações construídas com a técnica enxaimel trazida pelos primeiros imigrantes no final do século XIX e início do século XX. (Fonte: Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais de Blumenau / Arquivo Histórico José Ferreira da Silva / Acervo iconográfico – Fundo Memória da Cidade – Blumenau – Arquitetura – cla: 5.7.49b / Wittmann, Angelina, Revista História Catarina, p.22-4)

postada em 06/12/2021 17:23 – 1 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook