Neim Doralice Maria Dias auxilia pais surdos a compreenderem rotina escolar do filho


No Núcleo de Educação Infantil Municipal Doralice Maria Dias, Neim do Futuro, o estudante Ícaro Florêncio da Silva Dutra, de 2 anos, tem o pai Thiago Antônio Dutra com perda auditiva e a mãe Rute da Silva, com surdez. Durante todo o ano letivo, os profissionais da unidade e intérpretes de Libras da Secretaria de Educação da Capital buscaram e planejaram alternativas para a inclusão desta família na rotina escolar.

No fim do mês de novembro, a unidade realizou a entrega da avaliação descritiva das crianças e Rute, mãe do Ícaro, esteve presente. Por meio da Língua brasileira de Sinais, a comunicação deu a esta mãe a possibilidade de compreender o processo escolar do filho.  “A demonstração efetiva de respeito com a família ficou evidente no relato da mãe emocionando a todos na reunião”, relata a intérprete de Libras Thatyana dos Santos.

Para a intérprete Muyara dos Santos, “a preocupação que a unidade tem com a Rute, respeitando o seu direito linguístico e promovendo o acesso às informações em Libras relacionadas ao filho faz a diferença no contexto da comunidade escolar”. Um outro profissional da área que ajuda nessa parceria é Mike Silva de Oliveira.

“O desenvolvimento e evolução do Ícaro teve um grande salto, principalmente em sua linguagem oral”, explica a professora Izolina Conceição da Silva. As educadoras Maria Aparecida dos Santos, Denilze Trentine e Adriana Celia Nunes Santana também fazem parte da rotina do Ícaro.

Já para a mãe, ficou o sentimento de gratidão pelo Neim preocupar-se com a forma de comunicação com ela, utilizando tecnologias digitais e contando com a parceria dos intérpretes, efetivando a educação inclusiva.

“A unidade educativa vem refletindo sobre como buscar alternativas para a inclusão não somente das pessoas com surdez, como é o caso da família do Ícaro, mas também das famílias oriundas de outros países’” relata a diretora Eliane Brusco das Chagas.

galeria de imagens


Comente com o Facebook