Hospitais filantrópicos são homenageados em sessão especial da Alesc


A Assembleia Legislativa promoveu, na noite de quinta-feira (2), sessão especial em homenagem aos hospitais filantrópicos do estado de Santa Catarina. A deputada Paulinha (Sem Partido) foi a proponente da homenagem às instituições que somam mais de 140 unidades hospitalares no estado e respondem por cerca de 70% dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Paulinha afirmou que a homenagem foi a forma encontrada para trazer luz ao trabalho edificado pelas mãos dos profissionais e dirigentes das unidades de saúde. “Ao longo da minha vida, tenho encontrado nos hospitais filantrópicos uma porta que, quando se abre, nunca mais e fecha, apesar das inúmeras dificuldades e sofrimentos que a causa da saúde tem proporcionado a quem se propõe a servir a esses instrumentos”, refletiu. A parlamentar reiterou seu apoio e gratidão ao segmento hospitalar filantrópico catarinense.

O presidente do Conselho Diretor do Hospital e Maternidade Oase, de Timbó, Osvaldo Trisotto, ao discursar em nome dos homenageados, falou sobre os desafios enfrentados pelas instituições hospitalares ao longo da pandemia de Covid-19 e de como as dificuldades exigiram que os hospitais se reinventassem para superar problemas como falta de profissionais e custo elevado de medicamentos. “A pandemia foi um aprendizado, pois com a solidariedade, a persistência e a resiliência de todos nós, conseguimos superar as dificuldades.” Trisotto comanda o Hospital Oase há dez anos e afirmou que, em 2011, quando assumiu, o hospital estava praticamente de portas fechadas, como muitos em Santa Catarina. “Conseguimos saneá-lo, reerguê-lo, para atender bem a comunidade, graças às parcerias com a comunidade.

O presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado Santa Catarina, Giovani Nascimento, frisou que os hospitais filantrópicos e privados de Santa Catarina fizeram a diferença frente à pandemia, a maior adversidade da história da saúde pública mundial, na opinião dele.

Nascimento registrou preocupação com a disseminação da nova cepa de coronavírus, a Ômicron, e defendeu que a população continue adotando as medidas de prevenção. “Temos convicção de que o caminho ainda é longo para o controle da pandemia, por isso contamos com o apoio deste Parlamento e a sensibilidade do governo do Estado.” A manutenção de leitos de terapia intensiva e a realização das cirurgias eletivas represadas foram as duas prioridades apontadas pelo dirigente.

Já a presidente da Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas de Santa Catarina, irmã Neusa Lucio Luiz, afirmou que os hospitais filantrópicos “têm feito esforços sobrenaturais para dar reposta ao atendimento da população catarinense”. Ela frisou que todos os profissionais, da equipe clínica aos que trabalham na higienização, merecem um grande aplauso. Conforme irmã Neusa, os gestores têm preocupação com o aumento dos custos decorrentes da pandemia e uma grande angústia de saber de onde virá o financiamento para arcar com esses custos.

Entidades homenageadas na sessão:

  • Fehosc
  • Fehoesc
  • Fundação Médica dos Trabalhadores Rurais do Município de Descanso
  • Associação de Pacientes Renais de Santa Catarina
  • Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí
  • Hospital Infantil Pequeno Anjo, de Itajaí
  • Hospital Bethesda, de Joinville
  • Associação Hospitalar Santo Expedito, de Ponte Serrada
  • Hospital Sagrado Coração de Jesus, de São Joaquim
  • Hospital e Maternidade Oase, de Timbó
  • Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão
  • Ahesc
  • Fundação Pró-Rim De Santa Catarina
  • Associação Renal Vida
  • Fundação Hospitalar Alex Krieser, de Agrolândia
  • Hospital De Alfredo Wagner
  • Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Angelina
  • Hospital Bom Jesus, de Ituporanga
  • Hospital e Maternidade Maria Auxiliadora, de Presidente Getúlio
  • Hospital Regional de Araranguá Deputado Affonso Guizzo
  • Hospital Santo Antônio, de Armazém
  • Hospital Municipal Ruth Cardoso, de Balnéario Camboriú
  • Hospital Regional Helmuth Nass, de Biguaçu
  • Hospital Santo Antonio, de Blumenau
  • Hospital Santa Isabel, de Blumenau
  • Hospital Misericórdia Vila Itoupava, de Blumenau
  • Hospital Nossa Senhora das Graças, de Bom Retiro
  • Hospital Dr. José Athanazio, de Campos Novos
  • Hospital Nossa Senhora do Patrocínio, de Campo Belo do Sul
  • Hospital São Luiz, de Campo Alegre
  • Hospital Santa Cruz, de Canoinhas
  • Hospital Regional do Oeste
  • Hospital Materno Infantil Santa Catarina
  • Hospital São José, de Criciúma
  • Hospital Helio Anjo Ortiz, de Curitibanos
  • Hospital Fraiburgo
  • Hospital de Gaspar
  • Associação Beneficente São Lucas, de Guaraciaba
  • Hospital Santo Antônio, de Guaramirim
  • Hospital São Camilo, de Imbituba
  • Hospital Beatriz Ramos, de Indaial
  • Hospital Santo Antônio, de Itapema
  • Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus Passos, de Laguna
  • Hospital Hoscola, de Luiz Alves
  • Hospital João Schreiber, de Massaranduba
  • Hospital Nossa Senhora dos Navegantes
  • Hospital Santa Clara, de Otacílio Costa
  • Hospital São Sebatião, de Papanduva
  • Hospital de Penha Instituto Adonhiran
  • Hospital de Caridade São Braz, de Porto União
  • Hospital Dom Bosco, de Rio dos Cedros
  • Hospital e Maternidade de Santa Cecília
  • Hospital Monsenhor José Loks, de São João Batista
  • Hospital São José Chiquinha Gallotti, de Tijucas
  • Hospital Dom Joaquim, de Sombrio
  • Hospital São José, de Urubici
  • Hospital e Maternidade Dona Lisette, de Taió
  • Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê

Comente com o Facebook