Prefeitura inicia aplicação do Projeto Bússola com avaliações de alunos da Rede Municipal de Ensino


Nesta quinta e sexta-feira (2 e 3/12), alunos de 2º, 5º e 9º ano de todas as escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Joinville participam da primeira avaliação do ciclo anual de testes aplicados pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

A contratação desta parceria, batizada de Projeto Bússola, é mais um passo da Secretaria Municipal de Educação de Joinville para desenvolver mecanismos que ajudarão a guiar os gestores e professores aos melhores resultados na educação pública de Joinville.

Neste momento, a avaliação é somativa, ou seja, tem como objetivo mensurar e averiguar o aproveitamento dos alunos ao fim do ano letivo. Os alunos respondem à questões de língua portuguesa e de matemática. O início da avaliação neste momento é uma excepcionalidade, visto que o ciclo começa normalmente nas primeiras semanas do ano letivo.

A partir de 2022, os alunos destas três faixas etárias participarão das avaliações do Projeto Bússola em quatro momentos: no início do ano letivo, com a avaliação diagnóstica; ao fim do primeiro e do segundo trimestre, com as avaliações formativas; e no fim do ano letivo, com a avaliação somativa. Nas três primeiras avaliações, será verificada também a progressão educacional dos alunos nos conteúdos de história, geografia e ciências.

“Os professores já realizam avaliações diagnósticas no início do ano letivo e formativas ao longo do ano, mas com as avaliações em rede, realizadas em parceria com o CAEd, teremos resultados mensuráveis que auxiliarão na definição de estratégias mais assertivas para recuperação e recomposição das aprendizagens, garantindo o direito de aprendizagem dos nossos alunos”, explica o gerente de formação, avaliação e inovação da Secretaria de Educação, Cleberson de Lima Mendes.

Indicadores educacionais

O Governo Federal realiza avaliações bianuais destas mesmas faixas etárias com Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). O desempenho nesta prova, somado às taxas de aprovação escolar, gera os dados que compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). As avaliações do SAEB também são somativas e ocorrem no fim do ano. Em Joinville, elas foram aplicadas em novembro, mas o resultado é divulgado apenas no segundo semestre do ano seguinte.

Com o Projeto Bússola, os gestores e educadores terão o resultado desta avaliação já no início do ano letivo seguinte, todos os anos, e poderão, junto à gerência de ensino da Secretaria de Educação, repensar as necessidades e ações estratégicas de forma personalizada para cada unidade.

“É uma inovação para a Rede Municipal de Ensino. Ela tem como objetivo ajudar a instrumentalizar nossas políticas de formação, de acompanhamento pedagógico e de aquisição de recursos e de materiais, para que com isso tenhamos mais evidências para orientar nosso trabalho pedagógico e administrativo”, afirma o secretário de educação, Diego Calegari.

Comente com o Facebook