Assinatura de ordem de serviço confirma retomada das obras da ponte entre os bairros São Judas e Cidade Nova


A retomada das obras da ponte que ligará os bairros São Judas e Cidade Nova foi confirmada na manhã desta sexta-feira (03) durante a assinatura da nova ordem de serviço. A estrutura sobre o rio Itajaí-Miriam entre a rua Adolfo Batschauer com o entroncamento das ruas Sidney Schulze e Otto Hoier foi abandonada pela empresa, que iniciou as obras em 2019. Durante a pandemia de coronavírus os trabalhos foram suspensos e a Secretaria Municipal Obras realizou um criterioso levantamento sobre as condições da estrutura e o percentual executado.

“Estamos retomando uma obra muito importante para nossa cidade. Todas as mudanças que estamos fazendo são vitais para a nossa mobilidade e para preparar a cidade para o futuro”, avaliou o prefeito Volnei Morastoni, durante o ato de assinatura na Sala de Reuniões de seu gabinete. “São dois anos de dificuldades com a pandemia e estamos no front, enfrentando os desafios e encontrando as soluções”, finalizou Morastoni.

O novo prazo para conclusão das obras é de um ano e os serviços estão avaliados em R$ 3,1 milhões para executar 65% da estrutura. A ponte terá 81,9 metros de extensão por 15 metros de largura. A obra é mais um importante projeto na revolução da mobilidade urbana de Itajaí. As próximas etapas serão a colocação das estruturas de cobertura do vão da ponte, a construção dos passeios públicos e a iluminação.

“Esse é mais um projeto pensado e executado na parceira entre as secretarias de Obras e Urbanismo. A ponte vai contemplar um plano de mobilidade que liga a BR-101 ao Centro de Itajaí. Já na quarta-feira (08), estaremos no local para junto com a empresa contratada recuperar o canteiro de obras e deixar tudo pronto para iniciá-la em janeiro”, afirmou o secretário de Obras Márcio José Gonçalves, Dedé.

A nova ponte sobre o rio Itajaí-Mirim será uma opção de deslocamento para desafogar o trânsito em dois locais: na ponte da avenida Adolfo Konder com a rua Heitor Liberato e na ponte da Jacob Ardigó com a Otto Hoier. Além disso, a estrutura complementa os novos binários ao possibilitar uma ligação direta com o Centro de Itajaí, conectando o bairro Cidade Nova com as ruas Adolfo Batschauer e Francisco de Paula Seára. Esse trajeto levará os condutores até a conexão entre as ruas Juvenal Garcia e Alberto Werner.

“O ato de assinatura hoje representa a coragem de iniciar e persistência em continuar os projetos”, explicou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Rodrigo Lamim. “Itajaí é uma cidade cortada pelo rio e nosso projeto de mobilidade aproxima as pessoas e interliga os bairros com pontes a cada 500 ou 600 metros”, afirmou Lamim.

Outras duas pontes em andamento
O Município de Itajaí tem três projetos de construção de pontes em andamento simultâneo. Além da ligação entre São Judas e Cidade Nova, uma estrutura ligará as ruas Juca Cesário, no São João, e São Joaquim, no Bambuzal, e outra interligará a avenida Nilo Simas, no São Vicente, com a avenida Agostinho Alves Ramos, em Cordeiros. 

Comente com o Facebook