Mais de 100 dias após ser internado, agente de trânsito de Joinville recebe alta e é homenageado


Exatos 111 dias separam a vida de Gilson Lucas, 51 anos, entre o antes e o depois de ser contaminado pela Covid-19. Nesta sexta-feira (26), os colegas de trabalho, também agentes de trânsito da Prefeitura de Joinville, esperavam por Gilson em frente ao Hospital Municipal São José.

O ver o paciente cruzar a porta da área em que ficou internado por quase quatro meses, a alegria e emoção tomou conta de quem acompanhou o momento. Agentes de trânsito, guardas municipais, bombeiros e a equipe da Secretaria da Saúde aplaudiram Gilson, que nas primeiras palavras expressou o sentimento de gratidão.

“Eu agradeço primeiro a Deus, porque agora eu tenho uma nova vida. Ele me deu uma chance para voltar ao convívio de vocês. Estou muito feliz em estar saindo dessa jornada com vida, sei que muitos não conseguiram”, afirmou Gilson.

Mesmo fazendo esforço, é difícil buscar na memória quais foram as tarefas realizadas no dia 8 de agosto desde ano. Para Gilson, foi o dia de procurar o PA Norte, após ter sintomas de Covid-19. Cinco dias depois, ele precisou ser transferido para o Hospital Municipal São José e no dia 13 de agosto foi intubado. A partir de então, a trajetória de recuperação da doença foi longa e exigiu persistência.

Foram mais de dois meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Gilson deixou a UTI no dia 22 de outubro e, desde então, recebia cuidado e tratamento na ala de internação do São José.

Ao deixar o hospital, o paciente agradeceu aos profissionais da unidade. “Obrigado a todos da equipe que cuidaram de mim, agradeço a todos vocês”.

Gilson, que é morador do bairro Vila Nova, foi levado até em casa pelos Bombeiros Voluntários de Joinville, com a unidade de suporte avançado. Esta ambulância que tem estrutura para atendimento de pacientes em estado crítico, está em funcionamento no município desde maio deste ano, após um convênio entre a corporação e a Secretaria de Saúde.

Agentes de trânsito acompanharam o trajeto como forma de expressar alegria por saber que o colega de trabalho está entre os mais de 115 mil recuperados que venceram a Covid-19 em Joinville.

Comente com o Facebook