Prefeito de Chapecó é convidado para falar em congresso internacional sobre ações da Covid-19


O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, será um dos palestrantes do 1º Congresso Internacional Médicos Pela Vida covid-19, que será realizado nos dias 10 a 12 de dezembro, no Centro de Convenções de Brasília-DF.

João Rodrigues vai participar do Painel “Histórias de Superação- Ações públicas no enfrentamento da Covid-19 no Brasil”, apresentando casos de sucessos no Brasil e no mundo que salvaram vidas durante a pandemia. Este painel será no dia 11 de dezembro, a partir das 14h. De acordo com os organizadores do evento, o convite foi “pelo relevante trabalho da Prefeitura de Chapecó sob a vossa liderança em 2021 no contexto da pandemia, importante exemplo para gestores de todo o país”.

No início do ano Chapecó foi atingida por três variantes a Covid-19, que fez disparar o número de ativos. A Administração Municipal de Chapecó atuou em várias frentes, trabalhando junto ao Governo do Estado e ao Hospital Regional do Oeste para ampliar o número de leitos de UTI de 35 para 103 e o número de leitos de enfermaria de 29 para 55. Também implantou em tempo recorde um hospital de Campanha no Centro de Eventos, denominado Centro Avançado de Atendimento Covid, que tinha 75 leitos de UTI e 20 de UTSI. Mas de 200 pessoas foram atendidas no local, até alta ou transferência.

A Prefeitura também abriu 50 leitos na UPA e contratou 150 profissionais de saúde. Iniciou a testagem em massa da população, abriu o Ambulatório de Tratamento Imediato Verdão e, com isso baixou de 5,5 mil ativos no início de março, para menos de mil ativos no final de março. Também foi implantado um sistema de agendamento e vacinação rápida.

Foi lançado o Lockdown Inverso, com busca ativa do vírus, duas unidades móveis de testagem, Central de Monitoramento e envolvimento das mais de 300 agentes de saúde, além de forças de segurança, no monitoramento dos positivados.

A fiscalização foi intensificada no período. João Rodrigues disse que é uma honra ser convidado para um evento médico internacional para falar sobre os bons resultados da experiência de Chapecó.

No Boletim Epidemiológico desta segunda-feira, Chapecó tem apenas 83 ativos e 12 pacientes do município na UTI e três na enfermaria do Hospital Regional do Oeste.

Comente com o Facebook