Secretaria de Educação implantará projeto de gerenciamento de resíduos sólidos nas unidades de ensino


A Secretaria de Educação de Itajaí vai implementar o “Projeto Integrado de Educação Ambiental”, com foco no gerenciamento dos resíduos sólidos das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino. A decisão foi tomada em reunião na tarde desta quinta-feira (18) e as medidas serão implantadas a partir do próximo ano letivo. A ação tem parceria com o Instituto Itajaí Sustentável (INIS), Univali, SEPAT, Minister e Ambiental.

Em janeiro de 2022, na primeira etapa do projeto, os colaboradores terceirizados (faxineiras e merendeiras) participarão de uma capacitação para se aperfeiçoarem sobre classificação, separação, destino e tratamento correto dos resíduos sólidos gerados nas 115 unidades de ensino do Município.

“Atualmente, em algumas unidades, já existe a separação do lixo. No entanto, nosso objetivo é corrigir falhas e passar a contemplar todas as escolas da rede municipal, em especial as cozinhas das unidades”, destaca a supervisora de educação ambiental da Secretaria de Educação de Itajaí, Adriana Bandeira.

A partir de fevereiro de 2022, quando iniciará o novo ano letivo da Rede Municipal de Ensino, o projeto passará a intensificar a sensibilização e a conscientização de alunos e professores para a destinação correta dos resíduos sólidos, através de práticas de educação ambiental.

“Acreditamos que, a partir dessa grande mobilização, as crianças passarão a cobrar os pais e passarão a ser replicadoras de conhecimento e, desta forma, o Município gastará menos com a disposição final dos resíduos sólidos”, afirma a secretária de educação, Elisete Furtado Cardoso.

“Com isso, também conseguiremos diminuir a poluição e o que antes ia para o aterro, passará a ser reutilizado, aumentando a reciclagem e valorizando os resíduos”, complementa a gerente regional da Ambiental, Bruna Mariot.

Comente com o Facebook