Judô de Itajaí é destaque na competição de abertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC)


Itajaí garantiu suas primeiras medalhas na 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC). A conquista veio dos atletas do judô, que competiram entre domingo (14) e terça-feira (16), em São José, na abertura da fase estadual da maior competição do esporte amador do estado.

Nas disputas em dupla e individual os atletas itajaienses conquistaram um ouro, três pratas e três bronzes: Matheus Roberto Pereira garantiu o ouro na categoria -66 kg; William Roberto Pereira (-73 kg) e Beatriz Laux (-52 kg) conquistaram a prata; a dupla de Nage no Kata Guilherme Augusto de Souza e William Roberto Pereira também ficaram com o segundo lugar; Matheus Pio conquistou o bronze na categoria -60 kg e Gabriel Amaral garantiu duas medalhas de bronze, nas categorias -100kg e no absoluto.

Os resultados individuais foram coroados por conquistas em equipe. O naipe masculino se sagrou campeão na disputa por equipes e no quadro geral da modalidade, a cidade conquistou o vice-campeonato, com 59 pontos; o primeiro lugar geral ficou com São José (68 pontos) e no terceiro lugar os atletas de Tubarão (42 pontos).

60ª edição do JASC

Os jogos da etapa estadual do JASC serão oficialmente abertos no sábado (20), com a realização da cerimônia de abertura na Arena Multiuso, em São José. As disputas seguem até o dia 28, quando será conhecido o município campeão geral dos jogos (clique aqui e confira a programação).

São José, Timbó, Florianópolis, Governador Celso Ramos, Blumenau e Brusque são as cidades sede da competição e irão receber no decorrer dela 7.500 atletas, vindos 176 municípios do estado.

A delegação de Itajaí é composta por 290 atletas e 27 equipes, que irão disputar 15 modalidades: Karatê, Taekwondo, Judô, Jiu Jitsu , Basquete, Handebol, Natação, Tênis Campo M, Tênis de mesa, Triathon, Xadrez, Atletismo, Bolão 16, Ginástica Rítmica e Ginástica artística.

Everton da Veiga, diretor executivo da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL), destaca a importância do investimento no esporte de base para obter bons resultados.

“Temos 98 polos de iniciação esportiva, são mais de 20 modalidades à disposição das nossas crianças e adolescentes. As escolinhas são uma preparação para se adaptar, conhecer o esporte, treinar e revelar futuros atletas para o rendimento”.

Os Jogos Abertos de Santa Catarina são organizados pelo Governo do Estado por meio da Fundação Catarinense de Esporte. 

Comente com o Facebook