Plano de Retomada Econômica de Blumenau é finalista do prêmio Raps de Inovação e Sustentabilidade


O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, é um dos finalistas da 2ª edição do Prêmio Raps de Inovação e Sustentabilidade, com o Plano de Ação para Retomada Econômica, executado em 2020 para mitigar os impactos provocados pela pandemia de coronavírus. Criado pela Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps), o prêmio seleciona projetos inovadores que estejam ligados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e que fortaleçam a democracia, a transparência e a sustentabilidade.

Os vencedores de cada categoria serão escolhidos por avaliação técnica e por votação popular, que está aberta no site https://www.raps.org.br/premio-raps-votacao/, até o dia 1º de dezembro. Mais de 100 iniciativas foram inscritas nesta edição e Blumenau foi uma das três selecionadas para a categoria Prosperidade, concorrendo com Caruaru (PE) e São Roque (SP). 

“Depois de quase dois anos de muitos desafios, é uma alegria imensa receber esse reconhecimento, principalmente porque alcançamos resultados muito positivos com o Plano de Retomada Econômica. Com as ações implementadas, pudemos conter os impactos da crise provocada pela pandemia e oportunizar aos empreendedores condições de manter suas empresas abertas, gerando emprego e renda”, comemora o prefeito.

Sobre o Plano de Retomada Econômica

O plano foi desenvolvido no decorrer de seis meses, por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Blumenau, organizações da iniciativa privada e entidades de classe, como Acib; Ampe; CDL; Femei SC; Sebrae; Blusoft; Instituto Gene; ABRH; Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitor Bureau; Associação Vale da Cerveja e Furb.

Entre as ações promovidas, esteve o Programa Juro Zero, que concedeu crédito subsidiado pelo município a mais de 300 micro e pequenos negócios; o Decreto de Flexibilização de MEIS, que possibilitou a regulamentação de diversas atividades até então informais; além de iniciativas para o fomento da cultura, com recursos captados por meio da lei Aldir Blanc e projetos viabilizados com os prêmios Leide Regina Diniz e Herbert Holetz; do turismo, com a campanha Blumenau Segura; bem como melhorias nos processos internos do município, com a digitalização de serviços por meio do projeto Governo Sem Papel.

No período em que ocorreu, 67% dos empregos perdidos durante a pandemia foram recuperados e o número de MEIs abertos em 2020 se equiparou ao de 2019. O movimento na economia também foi percebido pelos números de arrecadação de ISS, que entre agosto e novembro de 2020, já superava em 15% o mesmo período de 2019.

Assessora de Comunicação: Aline Franzoi Santos Fleith

postada em 17/11/2021 15:50 – 39 visualizações

Fotos

Comente com o Facebook