Chapecó lança pacote de ações no combate à dengue


A Secretaria de Saúde de Chapecó lançou um pacote de ações para intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti no município. De acordo com o gerente de Vigilância em Saúde do Município, Rodrigo Momoli, e o biólogo da Vigilância em Saúde Ambiental, Junir Lutisnki, Chapecó é uma cidade que há muitos anos enfrenta uma infestação do mosquito, pela grande circulação de pessoas, veículos, caminhões e mercadorias.

A vigilância já vinha realizando algumas ações de fiscalização e monitoramento, além de mutirões pontuais. Mas novas ações foram deflagradas devido a um aumento da infestação, que foi apontado por um levantamento realizado no período de 3 a 12 de novembro. Em 3.790 visitas foi apontado uma infestação de 4% dos imóveis, sendo que o limite seria de 1%. Além disso, no período do verão há um aumento na reprodução do mosquito.

As ações para atacar esta infestação são as seguintes:

– Novo canal de denúncias pelo aplicativo Chapecó Digital;

– Contratação de mais 12 Agentes de Combate a Endemias;

– Uso do drone da Guarda Municipal de Chapecó para fiscalização de locais de difícil acesso;

– Envolvimento das Agentes Comunitárias de Saúde nas medidas de prevenção;

– Dia D da Dengue, no dia 27 de novembro, com mutirões nas regiões Sul e Efapi, onde foi registrada infestação de 7,2 e 6,2% dos imóveis, respectivamente.

Chapecó teve 139 novos casos de focos do mosquito registrados na semana passada, chegando a um total de 1.331 casos. A cidade conta com 64 casos positivos no ano.

Comente com o Facebook