Marlene dá as boas vindas aos estudantes da 28ª edição do Parlamento Jovem


Os 35 deputados que integram a 28ª Legislatura do Parlamento Jovem Catarinense, representando sete diferentes regiões de Santa Catarina, tomaram posse na tarde desta segunda-feira (8) no Plenário Osni Régis e em seguida elegeram a mesa diretora. Durante toda a semana, os jovens participarão de reuniões de comissões, sessões plenárias e demais atividades legislativas. A escola que representaria o sul do estado, desistiu de participar por conta da pandemia.

Os jovens deputados foram escolhidos antes da pandemia, em 2019, em eleições realizadas em escolas de ensino médio que aderiram ao programa para a edição de 2020, suspensa por causa do coronavírus. Neste ano, participam do projeto escolas das cidades de  Anitápolis, Rio do Oeste, Mafra, Formosa do Sul, Lages, Jaraguá do Sul e Caçador.

O Programa Parlamento Jovem, realizado pela Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, existe desde o ano de 2005 e já alcançou 1.140 deputados-estudantes que vivenciaram situações reais às dos deputados e deputadas estaduais, como eleição da mesa diretora, elaboração, apresentação e votação de projetos de lei em Sessão Plenária.

Antes de chegarem ao Parlamento Catarinense, as escolas receberam uma equipe da Escola do Legislativo que orientou os estudantes sobre o programa. As matérias discutidas e aprovadas podem ser aproveitadas pelos deputados estaduais em exercício. Dessa forma, passam a tramitar na Casa como projetos de lei. Em 27 edições do programa, que existe desde 2005, já resultaram na aprovação de 41 leis estaduais que foram oriundas do Parlamento Jovem Catarinense.

Na abertura oficial do evento, a presidente da Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, deputada Marlene Fengler (PSD), deu as boas vindas aos parlamentares jovens e destacou a importância da participação na vida pública. “Esse é um dos programas mais importantes da Assembleia Legislativa, porque ele promove a participação do jovem na discussão, no debate político. Vocês têm a oportunidade de vivenciar a vida do Legislativo durante uma semana, entender sua importância e como funciona, e fazer sua parte como cidadão, participando e promovendo mudanças que que só acontecem se cada um fizer a sua parte”.

A parlamentar também destacou a participação de um maior número de mulheres, nesta edição do evento. “Espero que vocês continuem na vida política, porque a representatividade nos legislativos deve ser um espelho da sociedade e não é isso que se vê atualmente”, observou ao lembrar que mais da metade da população e do eleitorado são femininos, mas que a representatividade política gira em torno de 15%.

“Durante toda esta semana os jovens deputados replicarão os trabalhos da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), vão analisar as proposições que eles mesmos fizeram, até culminar na quinta-feira, que é o dia da sessão plenária, quando eles ocupam o espaço e fazem uma sessão ordinária desta 28ª edição”. 

Rossani Thomas
Assessoria de Imprensa Dep. Marlene Fengler
Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Fone: (48) 3221 2692 / (48) 9 9963 3236
[email protected]

Comente com o Facebook