Mais de 15 mil pessoas participaram do Feirão de Emprego da Prefeitura de Florianópolis


Cerca de 15 mil pessoas passaram pelos mais de 30 estandes do Feirão de Emprego da Prefeitura de Florianópolis. Os candidatos entregaram currículos para as mais de 600 vagas de emprego e 150 de estágio, sem contar os mais de 5.000 cursos gratuitos de capacitação.

A maioria das empresas não exigia experiência. Foram mais de 5.000 currículos. A área com o maior número de vagas da edição foi a de supermercado, seguida da hotelaria e do telemarketing.

O objetivo do evento foi proporcionar uma aproximação entre as pessoas que procuravam trabalho e as empresas que precisavam de trabalhadores. A ação, realizada pelo Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis (Igeof), em parceria com empresas da grande Florianópolis de diversos segmentos, aconteceu no dia 08 de novembro, no Largo da Catedral, das 9 às 18h, e foi aberto ao público.

Além da presença maciça dos consumidores no espaço de tira dúvidas do Procon Municipal de Florianópolis, foram confeccionadas mais de 70 carteiras de Identidades (RGs) pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP/SC).

Segundo a Superintendente do Igeof, Noemi Leal, em um momento de retomada da economia, o Feirão de Emprego vem para contribuir na recolocação no mercado de trabalho. “O Feirão de Emprego foi a oportunidade de muitos trabalhadores entrarem no mercado de trabalho, bem como acessar a qualificação para preencher os requisitos solicitados pelas empresas. Foram mais de 15 mil pessoas participando do evento, uma edição de sucesso. Além disso, as pessoas tiveram acesso a serviços do Procon Municipal de Florianópolis, do Sine Municipal e de confecção de RGs. Muitos aprenderam a elaborar seus currículos no local.  Foram mais de 700 oportunidades ofertadas”.

Devido ao sucesso do feirão, a expectativa do Igeof é realizar dois eventos deste perfil por ano. Um em cada semestre. “Está no planejamento do Igeof fazer dois feirões, bem como fazer esse trabalho nas comunidades, um novo projeto do órgão, bem menor, em parceria com o Procon Municipal e o Sine Municipal. Outro objetivo é fazer um feirão para determinadas categorias, como é a questão dos cobradores, outro novo projeto do Igeof em parceria com o Sest Senat”, completa a Noemi.


Comente com o Facebook