Covid-19: Segunda dose para adolescentes começa a ser aplicada nesta quarta-feira em Criciúma


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

A Secretaria Municipal de Saúde de Criciúma inicia a aplicação da segunda dose contra a Covid-19 em adolescentes nesta semana. A partir desta quarta-feira (10), jovens de 12 a 17 anos poderão completar a imunização seguindo o calendário vacinal. No município, os adolescentes começaram a ser vacinados no dia 11 de setembro.

A segunda etapa da imunização pode ser feita no salão paroquial ou nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), mesmo para aqueles que receberam a primeira dose no salão. Esses locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Neste sábado (13), o Salão Paroquial estará aberto para vacinação, operando no mesmo horário.

“Confira sua data para tomar a segunda dose, incentive os idosos a tomar a dose de reforço, e garanta que seus filhos, parentes e conhecidos completem o ciclo vacinal. Para deixarmos de vez a pandemia para trás, é preciso o esforço de cada criciumense, só assim atingiremos uma alta taxa de vacinados e, consequentemente, uma imunidade coletiva”, explicou o secretário municipal de saúde, Acélio Casagrande.

“A procura dos jovens pela primeira dose está menor do que esperávamos, e temos muitos faltantes dessa e de outras idades para a segunda dose, mesmo estando todas elas disponíveis”, declarou o gerente de Vigilância em Saúde, Samuel Bucco. Segundo dados da secretaria, o total de faltantes para receber a segunda dose, ou seja, que já deveriam ter completado a imunização e ainda não o fizeram, somam mais de 13 mil pessoas no município.

No portal minhavacinacriciuma.com.br é possível conferir o dia para a aplicação da segunda dose. Basta acessar a calculadora de datas e indicar o tipo de vacina e em qual data foi recebida a primeira dose. De acordo com dados do site, atualizados dia 09/11, foram aplicadas mais de 319 mil doses em Criciúma, entre primeira e segunda dose, dose única e dose de reforço.

Vacinação para adultos, imunossuprimidos, idosos e profissionais de saúde

A vacinação também segue normalmente para maiores de 18 anos. Além disso, o município conta com um calendário de aplicação de doses de reforço, respeitando o intervalo após a D2. Imunossuprimidos podem se vacinar 28 dias completos após a segunda dose. Idosos com 60 anos ou mais recebem a terceira dose após cinco meses, e profissionais da saúde, após seis meses.

Comente com o Facebook