Com participação de ministro Marcos Pontes, Fapesc lança Programa Centelha 2


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

O Programa Centelha 2 em Santa Catarina foi lançado nesta segunda-feira,8, em transmissão on-line organizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc). A cerimônia contou com a presença do ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes. Nesta edição, serão investidos R$ 3 milhões para contemplar 50 empresas com até R$ 60 mil cada e mais uma bolsa de R$ 32,4 mil. As inscrições vão até 10 de janeiro neste endereço.

O programa é realizado pelo Ministério e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa e a Fundação Certi. É executado em Santa Catarina pela Fapesc.

O Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

Para o ministro Marcos Pontes, tanto os resultados tanto do Centelha 1 quanto do 2 já são muito animadores, especialmente pela parceria com os estados. “Isso não é feito sozinho, como temos visto. É sempre bom a gente enfatizar o poder da união, o poder do trabalho em equipe, de várias entidades trabalhando juntas para o país”, explica. “Eu vejo um programa como esse, o Centelha, ideal para tirar essas ideias da cabeça, do papel e transformar em mais conhecimento, mais riquezas para o país, mais qualidade de vida para as pessoas”, complementa.

O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, já se antecipou e sugeriu um processo de internacionalização para a próxima edição a partir de uma experiência que teve recentemente no Web Summit, quando acompanhou a delegação catarinense para a Europa. Neste grupo, das pouco mais de 20 startups, seis delas foram apoiadas com recursos da fundação e duas estavam abrindo filiais em Portugal.

“Assim como essas ações que temos feito têm gerado frutos aqui no estado, também têm resultados nacionais e até internacionais. Fica o desafio para todos nós, quem sabe a gente pense para as próximas edições do Centelha algum aspecto de internacionalização. Podemos selecionar os melhores cases para ter experiência internacional, para buscar novas fronteiras”, destacou.

No evento desta segunda-feira, estiveram presentes, além do ministro Marcos Pontes, o secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo César Rezende de Carvalho Alvim; o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Finep, Marcelo Bortolini de Castro; o coordenador de Parcerias Estaduais do CNPq, Gilberto Ferreira de Souza.

Marcelo Bortolini de Castro, da Finep, reforça que o Programa Centelha vai ser mantido e ganhará novas edições porque propõe uma mudança cultural. “É um programa de transformação da maneira do nosso jovem visualizar o futuro. Ele vai empreender, vai criar sua empresa, vai botar sua ideia para gerar valor”, exemplifica.

Na primeira edição, Santa Catarina teve 1,2 mil projetos inscritos no Centelha e 28 aprovados. Para Paulo Alvim, do MCTI, o objetivo agora é ampliar esse número. “Santa Catarina tem uma tradição empreendedora. É muito prazeroso ver o sucesso que vocês fazem e, principalmente, uma estratégia de estado, dentro de uma política de estado. Santa Catarina é (destaque) porque algumas pessoas entenderam que ciência e tecnologia fazem a mudança”.

Já Gilberto Ferreira de Souza aproveitou para reforçar o quanto o CNPq tem sido parceiro da Fapesc em diferentes ações e programas, como o antigo Sinapse da Inovação. Agora, a instituição colocou o sistema de bolsas à disposição do Centelha. “Esse é um programa extraordinário. A criação de empreendimentos inovadores vem muito a calhar neste momento em que estamos agora, de expansão econômica do país. É um programa que deu certo”, comemora.

As inscrições do Programa Centelha em Santa Catarina abriram nesta segunda e vão até 10 de janeiro no site www.programacentelha.com.br. As dúvidas serão respondidas no e-mail [email protected]

Informações adicionais para imprensa:
Gisele Krama
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC – Fapesc
E-mail: gisele@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-4857 / 99122-2201
Site: www.fapesc.sc.gov.br

 

Fonte: Governo SC

Comente com o Facebook