Prefeitura de Criciúma investe mais de R$ 6 milhões na construção de 30 salas makers


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Com computadores, TVs, projetores, caixas de som, kits arduinos e impressoras 3D, as escolas municipais contarão com a construção de 30 salas makers. A Prefeitura de Criciúma investirá R$ 6.093.585,70 nos novos espaços, que serão usados para as aulas de robótica. A assinatura da ordem de serviço ocorreu na tarde desta sexta-feira (5), no Salão Ouro Negro do Paço Municipal Marcos Rovaris.

As salas makers terão 81 m² cada e terão todos os equipamentos para as aulas de robótica. “Estamos fazendo investimentos significativos na educação. Hoje, nossos alunos têm aulas de empreendedorismo, de inglês on-line e também de robótica. O nosso aluno sai do Ensino Fundamental mais preparado para o Ensino Médio”, frisou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

O ato contou com a presença do secretário do Estado de Educação, Luiz Fernando Vampiro. O Governo do Estado destinou R$ 4,6 milhões para a obra e o restante veio do Fundo de Educação. “O nosso objetivo é ser referência no país em Educação e usar os recursos de forma que alcançamos o nosso objetivo. Estamos fazendo o nosso melhor para o aluno. Todo aluno criciumense é um aluno catarinense”, frisou.

Conforme o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim, as aulas de robótica já iniciaram nas escolas municipais no segundo semestre. Os locais onde estão ocorrendo as aulas, após a construção, serão usados para outras atividades pedagógicas. “Já temos 28 salas makers em funcionamento no município, com todos os equipamentos disponíveis para a iniciativa. Mas a construção desses espaços vai trazer ainda mais conforto para os nossos alunos”, ressaltou o secretário.

As aulas de robótica ocorrem no contraturno escolar e tem o apoio da Satc, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Associação Beneficente Abadeus. As instituições são responsáveis por ceder os profissionais que lecionam para os estudantes nas unidades municipais.

Comente com o Facebook