Atleta de Criciúma quebra recorde no salto em altura na Olesc


Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News

Criciúma foi destaque durante o fim de semana nas competições de atletismo da Olesc (Olimpíada Estudantil de Santa Catarina) em Timbó. A atleta Luísa Lummertz conquistou o primeiro lugar na categoria salto em altura e estabeleceu um novo recorde estadual para a modalidade.

Luísa bateu o recorde antigo de 1,65 metros e o primeiro lugar veio após um salto de 1.73 metros. Além disso, ela foi a terceira colocada na categoria 100 metros com barreira.

Já nos 800 metros, Isabely Guimarães Casagrande alcançou o segundo lugar. E no salto com vara, a atleta Stephany Gotera Vila voltou para casa com o terceiro lugar.

Conforme a treinadora Mirelli Bianco Montegutti, as expectativas foram alcançadas. “Todos os nossos atletas que vinham treinando e tinham chance de medalhas conquistaram boas colocações. Inclusive a Luísa que quebrou o recorde da prova, mesmo vindo de lesão”, destacou. A equipe é treinada ainda por Roberto Carlos Bortolotto.

“Cada vitória é muito importante pra Criciúma, demonstra que mesmo após um ano parados por conta da pandemia, nossos atletas seguiram treinando e buscando um nível alto de rendimento para as competições”, destacou o presidente da Fundação Municipal de Criciúma, Neto Uggioni.

Natação conquista medalhas nos Joguinhos Abertos em Indaial

Disputando os Joguinhos Abertos em Indaial, os nadadores de Criciúma alcançaram seis medalhas. O município ficou na quarta colocação geral do feminino e no sexto lugar masculino. As competições foram no fim de semana.

No feminino, as atletas conquistaram duas medalhas de prata e duas de bronze. Já no masculino, foram duas medalhas, uma de prata e outra de bronze.

O atleta Cézar Drugos Nacif foi o terceiro colocado na modalidade 100 metros peito. Já a nadadora Ana Lia de Lima conquistou a medalha de prata no 50 e 100 metros borboleta. No 50 metros Criciúma ainda foi a terceira colocada com Maria Fernanda Maciel.

No revezamento 4×100 metros livre, a equipe foi a terceira colocada com os atletas Maria Fernanda Maciel, Júlia Coan Salvaro, Miany Woginski Martins e Ana Lia Lima.

Por fim, o atleta Vitor Silvestre Moreto alcançou a medalha de prata no 50 metros borboleta.

De acordo com o técnico, Carlos Fernandes, alguns objetivos traçados foram alcançados. “O primeiro era estar entre os melhores do Estado, e ficamos entre os seis primeiros, além do quarto lugar geral no naipe feminino”, frisou.
 

Comente com o Facebook