Adrianinho homenageia comerciários e lamenta descaso com classe durante a pandemia


Em sua fala no plenário da Alesc durante esta semana, o deputado Adrianinho De Martini (PT) leu parte da nota pública divulgada pela Fecesc e sindicatos filiados na última semana sobre tema: “Discriminação nunca! – Somos trabalhadores diversos vendendo nossa força de trabalho com dignidade.”

O deputado lamentou que nos dias atuais algumas empresas ainda utilizam de critérios como aparência, orientação sexual ou cor da pele em suas contratações, estabelecendo um padrão, com uma política discriminatória e de exclusão na escolha de pessoas.

Adrianinho relembrou o episódio onde recentemente, o tema ganhou destaque nas redes sociais com a divulgação de um áudio de uma empresa gaúcha onde a mulher recomenda que as lojas contratem trabalhadores “bonitos”, já que “feio ou bonito, a gente vai pagar o mesmo preço né?”.

Na mensagem, ela pede que sejam evitadas contratações de pessoas tatuadas, que usem piercings, gordas ou LGBTQIA+. “Fica claro e evidente, a discriminação que sempre existiu no Brasil e que nos tempos atuais se torna ainda mais manifesto. No setor de comércio, o padrão se torna evidente quando nos vemos atendidos nos balcões por uma grande maioria que se encaixa nos padrões determinados por tais preconceitos”, lamentou.
Para o deputado, a notícia deveria servir de exemplo para que essa prática seja abolida do mundo do trabalho, respeitando e acolhendo os trabalhadores na sua diversidade. “Somos seres humanos vendendo nossa força de trabalho e temos todos/as, sem distinção, o direito de fazê-lo dignamente. Discriminação se combate continuamente, promovendo, no discurso e nas ações, atos de respeito à igualdade de tratamento, independente das diferenças pessoais. Ações positivas, como contratações que evidenciem a diversidade, devem sim ser promovidas e valorizadas”, conclui.

Dia do Comerciário – No próximo sábado, dia 30, é comemorado o Dia do Comerciário. O deputado que é presidente do Sindicato dos Comerciários de Xanxerê e região relembrou que a categoria foi um das que mais sofreu durante a pandemia sendo refém da falta de garantias e de estabilidade, tendo que arriscar a sua vida e de sua família, em meio à guerra injusta e trágica da polarização entre saúde e vida, versus economia.
Adrianinho apresentou dados do levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) que mostra que, nos seis primeiros meses deste ano, o número de trabalhadores com carteira assinada desligados por morte subiu 87% em relação ao mesmo período do ano passado.

A pesquisa levou em consideração os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1419848&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1419848&o=node No varejo, os desligamentos do trabalho por morte subiram 92% e, no comércio atacadista, quase dobraram, com alta de 99%.
O cargo que registrou a maior alta de mortes foi o de vendedor de comércio atacadista, com elevação de 204%; seguido de assistente administrativo e auxiliar de escritório, os dois com alta de 122%.
Além de relembrar o porquê da data, o deputado lamentou que a classe comerciária enfrenta desafios gigantescos para a categoria e para toda a classe trabalhadora. “A precarização, agravada pela pandemia e somada às políticas de flexibilização das leis trabalhistas, colocam o Brasil em situação alarmante no cenário mundial, com desemprego e fome voltando a assombrar milhões de famílias”, justificou.
O deputado parabenizou a categoria e disse não ter dúvidas de que irá superar os retrocessos e avançar com conquistas para a classe. “Nesta data, eu, que sou comerciário, me uno a todos os meus colegas de Santa Catarina e do Brasil para relembrar a nossa importância histórica da categoria para o avanço nos Direitos da Classe Trabalhadora no país. Parabenizo a todos os trabalhadores e trabalhadoras do comércio pela resistência, bravura, ousadia e criatividade, diante dos cenários tão desfavoráveis”, finalizou.

Assessoria de Comunicação do deputado Adrianinho De Martini

Assessoria Coletiva | Bancada do PT na Alesc | 48 3221 2824  [email protected]
Twitter: @PTnoparlamento | Facebook: PT no Parlamento

Comente com o Facebook