Alesc concede moção de aplauso para Associação Amor e Graça de Tubarão


A Assembleia Legislativa, atendendo solicitação do deputado Ismael dos Santos (PSD), concedeu nesta quarta-feira (27) moção de aplauso ao presidente da Associação Amor e Graça de Tubarão, Adriano Silva Ribeiro. A moção, aprovada por unanimidade, é um reconhecimento ao trabalho e contribuição para a emancipação social e combate à pobreza naquela cidade.

Funcionando junto às instalações da Igreja Assembleia de Deus, trata-se de uma entidade sem fins lucrativos que, desde 2016, beneficia, por meio de uma Mercearia Solidária, centenas de pessoas que vivenciam processos de empobrecimento, exclusão, vulnerabilidades e riscos sociais.

Ismael dos Santos destacou que a moção é um reconhecimento da Assembleia Legislativa ao trabalho desenvolvido por essa importante entidade. O deputado informa que a cidade de Tubarão se destaca por esse pioneirismo no âmbito nacional num momento crucial de pandemia. Ele reconhece que o projeto traz segurança alimentar e emocional em uma nação em que 20 milhões de pessoas vivem abaixo da linha de pobreza.

“A ideia da Mercearia Solidária partiu do princípio da dignidade humana, já que cada indivíduo realiza a sua compra conforme o valor do vale-alimentação e tem a possibilidade de escolher os produtos mais adequados às suas necessidades”, ressalta o deputado.

Ismael dos Santos informou que a associação seria mantida por meio de doações de voluntários que, junto com a equipe, estariam engajados na luta contra a pobreza e a desigualdade social. “A Associação Amor e Graça promove, ainda, outras atividades, como brechó e refeições noturnas para pessoas carentes.”

O presidente da Associação Amor e Graça de Tubarão, Adriano Silva Ribeiro, agradeceu ao parlamento e ao deputado pelo reconhecimento obtido. “Atendemos aproximadamente 200 famílias da cidade e municípios vizinhos que nessa pandemia perderam emprego e que não tinham mais o que comer. A pessoa passa por uma triagem e oferecemos um vale de 40 a R$ 80 em produtos.”
 

Comente com o Facebook