Alesc concede moção de aplauso a estudante de Tubarão por prêmio nacional


A Assembleia Legislativa, atendendo solicitação do deputado Volnei Weber (MDB), concedeu nesta terça-feira (19) moção de aplauso a estudante da terceira série do Ensino Médio da Escola de Educação Básica (EEB) Henrique Fontes, de Tubarão, Isabela Machado Mayer, 16 anos, vencedora do Prêmio Olavo Bilac, um concurso nacional de redação promovido pelo Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Defesa. A moção, aprovada por unanimidade, é um reconhecimento pela dedicação ao estudo e exemplo a todos os estudantes catarinenses.

O deputado Volnei destacou que o concurso nacional foi voltado para estudantes da terceira série do Ensino Médio das escolas cívico-militares e tinha como objetivo despertar nos alunos o interesse por assuntos ligados à Defesa Nacional. Os ganhadores foram divididos por regiões e a tubaronense concorreu com estudantes do Paraná e Rio Grande do Sul e foi a vencedora como representante da região Sul do país.

“Isto tem que ser divulgado como forma de incentivar outros estudantes a participarem e contribuírem com a educação e, desta forma, com a sociedade. A Isabela tem os nossos parabéns e reconhecimento de sua dedicação e exemplo para nossa sociedade.” Na redação que obteve destaque nacional, Isabela dissertou sobre o tema abordando os assuntos de patriotismo, civismo e respeito dentro das salas de aula. “Citei casos como na Copa de 2014, onde a bandeira do Brasil foi mostrada sendo queimada em um vídeo. Isso já mostra como as pessoas não respeitam mais, sabe? E foi isso que quis frisar na redação”.

A estudante que recebeu informação nesta terça-feira que venceu outro concurso de redação, este referente ao bicentenário de Anita Garibaldi, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e pela Secretaria de Estado da Educação (SED), descreve o resultado das premiações como gratificante. “Sempre gostei de ler e escrever, então, ser reconhecida por algo em que você acredita que é boa fazendo é inexplicável.” Ela agradeceu a moção indicada pelo deputado Volnei e aprovado por todos os parlamentares.

Ela afirmou ainda que apesar da importância dos temas das redações não esperava a repercussão que está ocorrendo, que pretende cursar medicina futuramente e que em sua opinião os textos vão ajudar em sua futura carreira profissional. “É essencial esse reconhecimento e não tem como chegar lá sem ter uma boa oratória e um bom texto.”

Comente com o Facebook