João Amin acompanha ministro do Turismo em visita ao Estado


O deputado João Amin (PP) viajou para Bom Retiro, na Serra Catarinense, e Rancho Queimado, na Grande Florianópolis, para acompanhar a visita do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, aos municípios, no último sábado (18). A apresentação de projetos para valorização do turismo foi a pauta principal do roteiro.

“É muito bom que o ministro conheça de perto as nossas belezas e produtos para que o governo federal entenda a importância de ajudar na valorização do nosso potencial turístico”, afirmou o parlamentar progressista. A deputada federal Angela Amin (PP), coordenadora do Fórum Parlamentar Catarinense, também participou dos eventos.

Em Bom Retiro foi realizada uma visita técnica na vinícola Thera. O empreendimento é um bom exemplo de como o enoturismo pode impactar diretamente a economia local, gerando emprego e renda para a população da região. Ao todo, o local possui vinícolas que produzem cerca de 2 milhões de vinhos e espumantes em uma área de 800 hectares, sendo 600 deles de uvas plantadas.

No município de Rancho Queimado ocorreu uma reunião com a participação de representantes de mais de 20 cidades da região, assim como gestores de turismo e autoridades políticas de Santa Catarina. Entre os assuntos tratados estavam questões de infraestrutura rodoviária e de conectividade, como a duplicação de rodovias e a melhoria da rede de telefonia móvel e de internet.

De acordo com o ministro, os encontros serviram para ouvir os pleitos e verificar a realidade de cada cidade. “É muito importante conversarmos na ponta, com aqueles que fazem o turismo acontecer. Precisamos entender quais os gargalos que cada localidade passa, para que possamos trabalhar alinhados e conquistar resultados que transformarão o nosso setor nesta região que tanto contribui para o turismo catarinense e nacional”, disse.

A agenda do ministro ao Estado ocorreu a convite do deputado federal Daniel Freitas, e incluiu também, na sexta-feira (17), a cidade de Laguna, onde ocorreu a entrega da restauração do acervo documental da Casa Candemil. O projeto contou com recursos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Comente com o Facebook