Ismael busca ampliar credenciamento das comunidades terapêuticas

Notícias de Santa Catarina - SC HOJE News


A porta de entrada para um tratamento de saúde adequado no Sistema único de Saúde (SUS)  para aquela parcela da população que sofre de dependência química foi o assunto da reunião entre o deputado estadual Ismael dos Santos e a Secretaria de Estado da Saúde, nesta quarta-feira, 13. A discussão contou com a participação do superintendente de Regulação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Ramon Tartari, e do psiquiatra e Secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Dr. Quirino Cordeiro Júnior.

Presidente da Comissão de Prevenção e Combate às Drogas e um dos idealizadores do Reviver, programa que desde 2014 credencia comunidades terapêuticas junto ao Governo do Estado para a garantia de recursos, o deputado busca ampliar os atendimentos pelo SUS. O programa já atendeu mais de 22 mil pacientes e conta atualmente com 720 vagas financiadas pelo Estado. São 72 instituições credenciadas, entre as 150 existentes em Santa Catarina. Ainda esta semana, o parlamentar levará a pauta ao governador Carlos Moisés.

“Essas instituições merecem sim uma atenção especial do Estado. Temos centenas de casos de jovens e adultos que conseguiram uma oportunidade e voltaram para suas famílias, trabalho e vida social após o tratamento. Vamos continuar na busca de um olhar mais sensível do poder público e que ele destina recursos compatíveis para manter e ampliar esses atendimentos tão necessários para o bem da sociedade”, comentou.

De acordo com dados do Ministério Público de Santa Catarina, já são aproximadamente 40 mil pessoas na fila de espera para um atendimento especializado psicossocial. Desse montante, uma boa parcela corresponde a dependentes químicos, que poderiam ser atendidos nas centenas de Comunidades Terapêuticas espalhadas pelo estado e que, por sua vez, desenvolvem um trabalho essencial na sociedade devolvendo para o cidadão, qualidade de vida, oportunidade e um futuro mais igualitário.

Participaram do encontro também, o presidente da Federação das Comunidades Terapêuticas, Vânio de Oliveira; o presidente da Cruz Azul no Brasil, Rolf Hartmann; a representante da Associação de Comunidades Terapêuticas de Santa Catarina (Acomtesc) e vice-presidente da Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas (Febract), Roseli Nabozny; o Coronel Valmor Machado, além da equipe da SES e Assistência Social.
 

Texto: Paula Darós

Comente com o Facebook