Blitz Sanear: lacres e multas por crime ambiental no Norte e no Sul da Ilha


A Blitz Sanear, força-tarefa contra esgoto irregular da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) e da Casan, lacrou ligações clandestinas e multou por crime ambiental, nesta semana, imóveis no Norte e no Sul da Ilha de Santa Catarina. 

Com operações em Santo Antônio de Lisboa e Rio Vermelho, no Norte, e Campeche, no Sul, o grupo – formado por fiscais e técnicos da Floram, Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA/PMF), Casan e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelos programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari – flagrou uma série de casos de esgoto lançado na rede de drenagem pluvial e extravasamento de fossa a céu aberto. 

A ação que resultou em mais lacres foi a realizada em Santo Antônio de Lisboa, na segunda-feira (4), com oito imóveis, todos localizados na Ser. Isabel João Jacinto, sofrendo a medida, que interrompe na hora o lançamento irregular. Quatro deles, entre casas, comércios e condomínios fiscalizados, foram multados pela Floram por crime ambiental.

A força-tarefa foi duas vezes ao Rio Vermelho, abrindo, na manhã de terça-feira (5), a rede pluvial da Rua do Moçambique, e continuando a operação no dia seguinte. A Vigilância Sanitária intimou dois imóveis com sistema de tratamento individual irregular, ambos com extravasamento de esgoto, e requereu o Habite-se de um condomínio.

Deslocando-se até o Campeche, no Sul da Ilha, em ação na quinta-feira (7), a Blitz Sanear lacrou a ligação clandestina de um terreno com várias casas na Ser. Pedro Edmundo Bittencourt, via paralela à Lagoa Pequena. O grupo fiscalizou outros imóveis na Rua das Tilápias, nas proximidades da Lagoa da Chica. 

Blitz Sanear – A Blitz Sanear é uma força-tarefa da PMF e da Casan, realizada por meio do Grupo Sanear Floripa, com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Com mais de 140 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, condomínios e edifícios em mais de 30 localidades de Florianópolis.


Comente com o Facebook