Seminário estadual alusivo ao mês do idoso tem início nesta quinta-feira (7)


A Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – plano de ação da ONU para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos – reconhecem que o desenvolvimento mundial só será possível se for inclusivo para todas as idades. Com essa preocupação, a Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso, em parceria com a Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira e entidades da sociedade civil, promove o Seminário Estadual Alusivo ao Mês do Idoso. O intuito é discutir os impactos da pandemia na saúde física e mental causados pelo isolamento das pessoas da terceira idade, além de oferecer oficinas sobre saúde, dicas de exercícios para a longevidade e ensinamentos sobre novas tecnologias para as pessoas com mais de 60 anos.

Evento on-line
Serão quatro encontros, nos dias 7, 14 e 21 e 28 de outubro.
Transmissão pelo YouTube da Escola do Legislativo da Alesc youtube.com/escoladaalesc
Inscrições gratuitas no site escola.alesc.sc.gov.br/eventos

Idoso e pandemia
De acordo com dados do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana de Saúde, os idosos representam 14,3% da população brasileira. Ou seja, 29,3 milhões de pessoas. Em 2030, o número de idosos deve superar o de crianças e adolescentes de zero a quatorze anos. Em sete décadas, a média de vida do brasileiro aumentou 30 anos, saindo de 45,4 anos em 1940, para 75,4 anos em 2015. O envelhecimento da população tem grandes impactos na sociedade, apontando para a importância do investimento de todos os poderes constituídos na melhora da qualidade de vida dessa população.

Debate
No dia 07/10, uma mesa-redonda vai debater qualidade de vida do idoso pós-pandemia, questões do envelhecimento e o recomeço da vida a partir dos 60 anos pós-Covid 19.

Oficinas para idosos
Nos demais encontros, serão abordadas três áreas de interesse da população idosa:
– 14/10 Oficina da Memória: o participante entende melhor os processos de atenção e de memorização e aprende exercícios para fortalecê-los em situações cotidianas. Com diversas técnicas,haverá um debate com médica neurologista;

– 21/10 Oficina de Longevidade Saudável: o participante aprende sobre a importância do exercício físico com atividades lúdicas e nutrição saudável, seguido de um debate com nutricionista e educadora física;

– 28/10 Oficina de Inclusão Digital: o participante aprende sobre as novas tecnologias que estão à sua disposição para facilitar sua vida. Em parceria com o Sesc, onde será discutido o impacto das tecnologias na vida dos idosos.

Comente com o Facebook