Mutirão proporciona emissão de Licença para vendedores ambulantes


Desde o começo da manhã desta sexta-feira (1º/10), dezenas de vendedores ambulantes de Joinville estavam em frente ao Ginásio Abel Schulz, para participar do Mutirão de Regularização. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Sama), a Secretaria da Assistência Social (SAS), a Vigilância Sanitária e a equipe do Espaço do Empreendedor atendem os ambulantes até às 16 horas desta sexta.

No local, é possível tirar a Licença na hora ou ser orientado de como regularizar a situação, além de informações sobre os produtos que podem ou não serem vendidos. O secretário da Sama, Fábio Jovita, afirma que os ambulantes exercem uma atividade importante para a economia da cidade.

“É um trabalho totalmente lícito, desde que a origem desse produto seja comprovada e esteja no grupo de produtos que podem ser comercializados, de acordo com o Código de Posturas do Município”, explica Fábio.

O ambulante cujos produtos não o habilitam para ter uma Licença, não perderá a oportunidade indo até o Mutirão de Regularização. “Quando ele trabalha com algo que não pode ser comercializado, o direcionamos para o Centro Público de Atendimento aos Trabalhadores (Cepat), que faz o encaminhamento dentro das vagas disponíveis na cidade e apresenta as opções que a pessoa tem para poder definir o seu futuro”, informa o secretário da Sama.

Vilmar de Souza, 52 anos, participou do Mutirão e saiu com sua Licença na mão para vender bolachas caseiras de polvilho e araruta no Centro da cidade. “Sempre corri atrás disso, mas hoje finalmente consegui”, comemora Vilmar.

Há duas décadas trabalhando como ambulante, Natali Pereira dos Reis, de 63 anos, foi ao Abel Schulz para tirar uma Licença para comercializar caldo de cana. “Quero um pontinho para vender caldo de cana no Centro e essa ação de hoje foi muito legal para eu realizar esse plano”, diz Natali.

Comente com o Facebook